Pular para o conteúdo principal

Fortaleza - Polícia Federal realizou extradição passiva de colombiano para os EUA

 4625f434-af2a-414f-ac6b-990c55116112.jpg

Fortaleza /CE - A Polícia Federal, em operação conjunta com a Agência de Combate às Drogas dos Estados Unidos (DEA), procedeu na sexta-feira (4/6) à extradição passiva de nacional colombiano, que será julgado pelas autoridades estadunidenses por tráfico internacional de entorpecentes.

O extraditado, de 57 anos, pode ficar encarcerado por até 30 anos, em razão de tratado firmado entre o governo brasileiro e o governo dos Estados Unidos da América.

A operação, sob forte esquema de segurança, teve a participação de diversas equipes da PF, além dos agentes da DEA responsáveis pelo seu transporte e escolta em jato executivo do governo dos EUA.

A embaixada norte-americana também enviou representantes sediados no Brasil para acompanhar a operação.

Entenda o caso:

Segundo documentos apresentados pelas autoridades norte-americanas, o preso capitaneava um complexo esquema de transporte de grande quantidade de cocaína entre a Colômbia e os EUA, com uso de aeronaves próprias e pistas de pouso em países da América Central.

Em trabalho conjunto de inteligência entre as autoridades norte-americanas e a Polícia Federal Brasileira, foi possível localizar o foragido na cidade de Fortaleza, em 2019, onde residia com sua família até ser preso por policiais federais.

Em setembro de 2020, a segunda turma do Supremo Tribunal Federal, por unanimidade, julgou procedente o pedido de extradição formulado pelas autoridades dos Estados Unidos da América, cuja autorização de transporte foi posteriormente autorizada pelo Ministério da Justiça brasileiro.

INTERPOL - Com participação de 194 países membros, a INTERPOL, com sede na cidade de Lyon, França, é responsável, dentre diversas missões, pela administração das “difusões vermelhas”, as quais congregam informações sobre foragidos internacionais.

A Polícia Federal possui, em todas as suas superintendências, representações regionais da INTERPOL dotadas de equipes especializadas em prender tais criminosos quando localizados em território brasileiro, após autorização do Supremo Tribunal Federal, visando sua posterior extradição aos países requerentes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar.