Pular para o conteúdo principal

MEC lança plataforma universitária de conteúdo audiovisual

 

O Eduplay permite acesso a transmissões ao vivo, programas de TV, videoaulas, canais exclusivos e podcasts.

O Ministério da Educação (MEC) em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) lançou, nesta segunda-feira (07), o Eduplay: uma plataforma universitária de conteúdo audiovisual, que permite o acesso a transmissões ao vivo, programas de televisão, canais exclusivos, videoaulas, rádios e podcasts. O evento de lançamento foi transmitido no canal do MEC no YouTube e contou com a participação do Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro; o secretário-executivo, Victor Godoy; o secretário de educação superior, Wagner Vilas Boas; e o diretor geral da RNP, Nelson Simões.

O ministro Milton Ribeiro deu início ao evento e falou sobre a honra de anunciar um novo serviço para a comunidade acadêmica do país. “O MEC, em parceria com a RNP, anuncia, hoje, o lançamento do Eduplay. Esse novo serviço permite o acesso gratuito e prático a conteúdos exclusivos relacionados ao ensino, pesquisa e extensão direcionados ao ensino superior no Brasil”, disse Ribeiro.

O Eduplay foi criado com o objetivo de se tornar um dos maiores portais de conteúdo audiovisual para a educação e pesquisa no Brasil. O ministro afirmou, ainda, que o Eduplay foi desenvolvido no Brasil e modelado para atender especificamente aos estudantes universitários, professores e pesquisadores que utilizam esse tipo de tecnologia para estudo e trabalho.

Além de atender pesquisadores e professores, destacam-se outros benefícios da plataforma, como a ausência de propagandas comerciais, a segurança do conteúdo postado na rede, e a realização de aulas ao vivo e que podem ser gravadas por meio da integração com o Moodle e com a Conferência Web da RNP. Wagner Vilas Boas afirmou que “o Eduplay é o resultado da sensibilidade da percepção do MEC como mantenedor de 69 universidades federais que têm mais 1,5 milhão de alunos e mais de 95 mil professores”.

O secretário de educação superior afirmou ainda que os conteúdos disponibilizados na plataforma poderão ser acessados por toda a sociedade. “Os conteúdos estarão abertos para todos, não só para os alunos das universidades federais, como também para os alunos das instituições públicas, privadas, e qualquer cidadão poderá acessar os conteúdos de ensino, pesquisa e extensão”, ressaltou Wagner Vilas Boas.

Victor Godoy afirmou que o lançamento do Eduplay vem num momento em que o MEC precisa se reinventar e trazer soluções para a educação brasileira, resultando na elevação da qualidade dos serviços essenciais. "Essa plataforma visa trazer a possibilidade de a rede das universidades e institutos fazerem essa troca de vídeos, e é com muita satisfação que nós fazemos esse lançamento", disse o secretário-executivo. Godoy também afirmou que o MEC e a RNP já estão trabalhando para que sejam possíveis a geração de Libras e de legendas de forma automática.

Nesse sentido, Nelson Simões afirmou que a equipe continuará trabalhando e realizando as melhorias necessárias para garantir uma plataforma segura aos estudantes e professores. “Nós vamos continuar trabalhando, seguir aprimorando as visões de futuro e testando os novos conceitos, para que as nossas plataformas para a educação possam ser seguras, possam permitir uma educação de qualidade, independentemente da localização do aluno, e que isso possa nos favorecer, a longo prazo, a elevar não só o potencial da formação, mas também o desenvolvimento das pessoas e das empresas do país”, disse Simões.

Milton Ribeiro agradeceu a toda a equipe que fez parte do processo de desenvolvimento da plataforma. “Fica aqui o meu cumprimento a todos os atores e protagonistas que estão envolvidos neste serviço prestado por meio do MEC para toda a população universitária e acadêmica do Brasil”, disse o ministro.

A íntegra do evento de lançamento do Eduplay pode ser acessada por meio do link: https://www.youtube.com/watch?v=0UHgVsn1A8w.

Conheça o Eduplay.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pá eólica- Gravíssimo acidente na BR-020, em Parambu, deixa dois mortos ; uma das vítimas sócio do Floresta Bar

    Um gravíssimo acidente foi registrado no inicio da manhã deste domingo, 30, na BR-020, KM 45, à altura da localidade de Pau Preto, Parambu. Segundo as informações preliminares, um carro de passeio de luxo, Modelo Audi, ano 2019, cor cinza, placas PBU- 1521, inscrição de Brasilia, DF, colidiu com uma carreta que transportava peças de energia eólica e acabou sendo praticamento esmagado. Segundo ainda informações preliminares, no veículo duas pessoas vieram a óbito e ficaram presas as ferragens. O Corpo de Bombeiros de Tauá foi acionado para resgatar os corpos que posteriormente foram identificados como: Omar Falcão Soares, 67 anos, e Alexandre Barbosa Soares, pai e filho, residentes em Fortaleza. A BR-020 se encontra interditada. Com informações do Repórter Abraão Barros e fotos de internautas

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar na avenida 13 de maio em Fortaleza; um homem foi atingido a tiros

Tiroteio e pânico no Restaurante Paladar em frente ao MCDonald's da Avenida 13 de Maio em Fortaleza. Um homem foi atingido a tiros dentro do Paladar por homens que desceram de um veículo Corolla para executá-lo. Informação não oficial revela que a vítima é o dono do Restaurante. Depois do crime, os  homens  entraram  no carro e fugiram.  Em seguida, quem estava no MCDonald's correu para perto da vítima . A ambulância do SAMU já chegou e nada da polícia. O barulho dos tiros parecia de fogos de artifício. Muita violência para esse fim de noite de domingo.. Atualização.. O Paladar entrou em contato com a gente pelas redes sociais e informou que a vítima foi um cliente. O dono do Restaurante não foi atingido. 

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar.