Pular para o conteúdo principal

MPCE oferece denúncia contra homem que matou a companheira e ocultou o corpo no sofá de casa

 

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através da 108ª Promotoria de Justiça de Fortaleza, ofereceu denúncia, nesta segunda-feira (28/06), contra Juscelino de Amorim Barbosa, 43 anos, acusado de matar a companheira e ocultar o corpo dentro do sofá na própria casa. Para o MP, o acusado incorreu em crime de feminicídio, em conexão com delitos de furto, ocultação de cadáver e tráfico de drogas.

Segundo a denúncia, formulada pelo promotor de Justiça Marcus Renan Palácio de Morais Claro dos Santos, os atos são da competência do Tribunal do Júri, pois o crime de feminicídio atrai os demais delitos por força do instituto processual da conexão (art. 78, inciso I, do Código de Processo Penal – CPP). Na denúncia, o Ministério Público também requer a oitiva de 9 testemunhas e, se condenado, que o acusado repare os danos causados à vítima, por meio de seus ascendentes e/ou sucessores, em valor fixado em Juízo.

No dia 19 de junho de 2021, por volta de 5 horas, em uma casa no bairro Cristo Redentor, Juscelino utilizou um instrumento contundente (provavelmente um martelo) e desferiu golpe contra a cabeça de Francisca Gláucia Martins Garcia, que também foi asfixiada e estrangulada com um arame, ocasionando sua morte. Depois, o acusado ocultou o corpo da vítima dentro de um sofá e fugiu, levando o celular da vítima.

Antes do crime, houve discussão, por motivo não totalmente identificado. Segundo testemunhas, o acusado era ciumento, ambos eram usuários de drogas e havia brigas recentes sobre o fato de Gláucia ter aderido à facção criminosa Comando Vermelho. Testemunhas também relatam que Juscelino agredia fisicamente a companheira e não aceitava o possível fim do relacionamento.

Juscelino deixou a casa por volta de 8h40min, em veículo de aplicativo, levando televisão, aparelho de som, botijão de gás, dentre outros itens. O corpo só foi encontrado por volta de 17h40min, pela filha e filho da vítima. No mesmo dia, Juscelino foi preso em flagrante na casa do pai. Ele foi achado dormindo, de posse do celular da vítima e com 92 “trouxinhas” de maconha e uma de cocaína.

Após ter a prisão relaxada, teve prisão preventiva decretada em consequência de representação do MPCE. Para o MP, o acusado incorreu, em tese, em crime de feminicídio, praticado em conexão com delitos de furto, ocultação de cadáver e tráfico de drogas, na modalidade “trazer consigo, guardar”. Ele alega que a droga pertencia à vítima. Os indícios de autoria se evidenciam por testemunhas e pela confissão do acusado.

Tempo de Justiça

O caso faz parte do programa “Tempo de Justiça”, com julgamento ocorrido antes de dois anos após a prática do crime. O Programa é uma parceria entre o MPCE, o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), a Defensoria Pública do Estado do Ceará (DPCE) e a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS), com apoio técnico da Vice-Governadoria do Estado. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!