Pular para o conteúdo principal

No aniversário de Ariano Suassuna, Auto da Compadecida é tema de selo especial

 

Nesta quarta-feira (16), os Correios lançam a “Emissão Especial Auto da Compadecida”, clássico texto teatral escrito por Ariano Suassuna que retrata a cultura popular e nordestina brasileira. O lançamento virtual do selo será transmitido ao vivo no YouTube, durante as comemorações dos 50 anos do Movimento Armorial - que tem Suassuna como um de seus fundadores -, e também em homenagem ao aniversário do escritor paraibano, falecido em 2014.

 

Auto da Compadecida é uma peça de teatro em forma de auto, em três atos, escrita em 1955. Sua primeira encenação aconteceu em 1956, no Recife, em Pernambuco. A peça projetou Suassuna em todo o país e teve três adaptações cinematográficas. Em 1999, foi apresentada como uma minissérie de TV, sendo a versão mais conhecida, que também foi levada ao cinema. Com personagens marcantes e folclóricos, como João Grilo, Chicó, Cangaceiro, Encourado, Manuel (Jesus Cristo) e a Compadecida - que intercede por todos no julgamento -, é considerada, na visão de muitos críticos de teatro, uma das mais importantes obras da moderna dramaturgia brasileira.

 

Por trazer uma visão questionadora sobre a cultura popular e a tradição religiosa, o Auto da Compadecida recebeu severas críticas de diferentes setores sociais na época de seu lançamento. Porém, o texto de Suassuna se mostra cada vez mais atual, como explica Carlos Newton Júnior Poeta, ensaísta e professor universitário recifense, estudioso da obra do escritor. “As críticas passaram e a peça ficou, prova de que o Auto da Compadecida possui aquele quê de humanidade que atribui, a toda grande obra de arte, um aspecto supratemporal, uma verdade permanente”.


Nos anos seguintes, com o apoio de Suassuna, o Movimento Armorial foi idealizado com objetivo de valorizar as manifestações artísticas nordestinas, advindas da cultura popular. O movimento se apresenta por meio de várias expressões como música, dança, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, arquitetura e xilogravura.




Sobre o Selo – A peça retrata uma espécie de emblema com as características da estética armorial. A arte é assinada pela esposa do dramaturgo, Zélia Suassuna, pelo filho Manuel Dantas Suassuna e pelo designer gráfico Ricardo Gouveia de Melo. Os autores afirmam que a estampa "foi associada ao amor imortal que uniu e seguirá a unir Zélia e Ariano". Através de uma composição digital, o selo utiliza um desenho de Zélia que ilustrou a capa da mais recente edição da peça, lançada pela editora Nova Fronteira.

 

Com tiragem de 180 mil exemplares e valor unitário de 1º Porte da Carta (R$ 2,10), o selo está disponível para venda na loja virtual e, em breve, nas principais agências dos Correios. É possível também conferir o lançamento nas redes sociais do Correios.

 

Serviço

Lançamento virtual da Emissão Especial - Auto da Compadecida

Data - 16/6/2021, quarta-feira

19h - Live com lançamento do Selo Especial Auto da Compadecida (horário de Brasília/DF)

20h - Apresentação do documentário “Meio século Armorial”

Transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do Quinteto da Paraíba

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!