Pular para o conteúdo principal

Desfile apresenta coleção colaborativa de moda autoral feita por mulheres de comunidades vulneráveis

 

"Ritmos, cores e encantos" é o nome da coleção colaborativa de moda autoral,

fruto de um processo formativo que vem capacitando, desde o início de 2021, um

grupo de 45 mulheres. Chamado de FAZ TEU NOME, o projeto contempla

integrantes de três associações que atendem mulheres cis e transgênero, negras e

periféricas em situação de vulnerabilidade social: a Associação Arte Costura e a

Casa de Andaluzia, ambas de Fortaleza, e o Quilombo do Cumbe, de Aracati.


As integrantes do projeto foram selecionadas através de um edital. Depois,

passaram a receber uma fundamentação teórica na área de moda. O processo se

iniciou com aulas e oficinas nas áreas de Direitos Humanos, Empreendedorismo

Social e Marketing Digital. Em seguida, na experimentação prática, todas receberam

mentoria em moda com a estilista Silvânia de Deus e passaram a estudar todas as

etapas para elaboração de peças, desde a criação até a negociação com lojas

colaborativas.


Por conta da pandemia do coronavírus, o conteúdo teórico foi apresentado online

através de encontros diários ao vivo. Já a prática presencial respeitou os decretos

vigentes e todas as normas de saúde e segurança. Esse processo envolveu cerca

de 80 profissionais, entre técnicos e professores. Foi levada em consideração a

equidade de gênero e também a priorização de pessoas negras e LGBTQIA+

durante a contratação.


"Todas as peças vão ser apresentadas por suas autoras. Ou seja, é uma experiência

nova, como se fossem vários estilistas ao mesmo tempo numa única passarela. É

um trabalho lindo de ressignificar corpos, de levar a criatividade como uma arma

para transformar vidas. Tem beleza e muito afeto envolvido", conta Silvânia de

Deus. "Vale ressaltar também esse tempo cheio de desafios por conta da pandemia.

A gente conseguiu transformar tudo isso em arte. Quem for ao desfile vai participar

de uma grande celebração".


"O desfile é uma oportunidade para apreciar looks feitos por mulheres criativas e

com grandes histórias de lutas. Será uma explosão de cores e sentimentos!", revela

Javier Garcia, coordenador da Casa de Andaluzia, uma das organizações parceiras.

Realizado pela União de Jovens do Vicente Pinzón (UVJP), o projeto FAZ TEU

NOME é apoiado pela Secretaria Estadual da Cultura do Ceará, através do Fundo

Estadual da Cultura, com recursos provenientes da Lei Federal Nº 14.017, de 29 de

Junho de 2020 (Lei Aldir Blanc). Criada em 2009, a UJVP realiza diversos projetos

sociais na região do grande Vicente Pinzón e tem em seu portfólio cursos

profissionalizantes na área de moda para mulheres negras e para a população

LGBTQIA+, oferecidos em rede com associações parceiras.


SERVIÇO

Desfile FAZ TEU NOME

Quando: 21 de agosto de 2021, 17h

Local: Clube dos Empregados da Petrobrás (Av. Dioguinho, 5530 - Praia do Futuro, Fortaleza - CE)

Observação: Desfile fechado para convidados

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!