Pular para o conteúdo principal

Padaria de Fortaleza adere à campanha Justiça pela Mulher, promovida pelo Tribunal de Justiça do Ceará

 


A campanha Justiça pela Mulher, promovida pelo Poder Judiciário do Estado para combater a violência doméstica e familiar, prossegue com força neste mês de agosto. O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) iniciou, na manhã desta terça-feira (10/08), a primeira ação em uma panificadora de Fortaleza, com a distribuição de mensagens em sacolas de pão que combatem esse tipo de crime e incentivam a denúncia. A primeira parceria ocorreu com a panificadora Empório de Fátima, localizada no bairro de Fátima, e contou com a presença da juíza Rosa Mendonça, titular do 1º Juizado da Mulher de Fortaleza.

“Neste mês de agosto estamos comemorando os 15 anos da Lei Maria da Penha. E essa parceria com as panificadoras é uma ação que permite, além de mensagens de apoio contra a violência, que as pessoas saibam e tenham acesso aos canais de denúncia”, disse a magistrada.

A juíza explicou que as panificadoras foram escolhidas por serem locais de grande circulação e ambientes neutros. “Também tem o símbolo do pão, que é um alimento sagrado, em que todos os dias levamos para dentro das nossas casas. Então resolvemos fazer essa analogia: o pão pode entrar na casa da gente, mas a violência, jamais!”.

A gerente comercial da Empório de Fátima, Érica Paiva, reconheceu a importância da ação. “Como empresa e sociedade, precisamos debater mais sobre o assunto. Quando houve o convite, a gente se sentiu muito feliz em contribuir com essa temática e poder levar esse debate para a casa dos nossos clientes, a fim de estar gerando essa discussão, juntamente com o Tribunal de Justiça do Ceará. Quanto mais pessoas e empresas se envolverem, vamos conseguir ajudar muitas mulheres em situação de perigo”.

O empresário Antônio Alves, cliente da panificadora, enfatizou que a violência contra a mulher se tornou um problema social. “A gente achava que era um problema somente do Nordeste, mas é do país e do mundo inteiro. Qualquer canal de conscientização e denúncia é válido”.

Também cliente, Eduardo Aquino ressaltou ser “muito interessante a iniciativa, porque é uma mensagem levada para as casas das pessoas. É uma semente que é plantada em cada lar ao comprar o pão. A semente é plantada logo pela manhã”.

VÁRIAS AÇÕES

A campanha “Justiça pela Mulher – O Judiciário e Você contra a Violência Doméstica” foi lançada no dia 1º de agosto, com ação durante o jogo entre Ceará e Fortaleza, na Arena Castelão, pelo Campeonato Brasileiro. Ao longo deste mês, serão produzidas matérias e postagens nas redes sociais, ressaltando o papel do Judiciário no combate à violência e as inovações promovidas nos 15 anos da Lei Maria da Penha. Também haverá, em agosto, mais uma edição do evento “Justiça pela Paz em Casa”.

Para ver outras imagens do evento, acesse nossa Galeria.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!