Pular para o conteúdo principal

SESI Ceará auxilia no combate ao fumo

 


No dia 29/8 é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Para incentivar as pessoas a deixarem de fumar, o SESI Ceará conversou com o enfermeiro do trabalho da entidade, Lindemberg Rodrigues, sobre os malefícios que esse vício traz no dia a dia físico, social e emocional. E, ainda, traz dicas para quem pretende deixar o vício. Confira.

A Organização Mundial da Saúde aponta que o tabaco mata mais de 8 milhões de pessoas por ano. Mais de 7 milhões dessas mortes resultam do uso direto desse produto, enquanto cerca de 1,2 milhão é o resultado de não-fumantes expostos ao fumo passivo. No Brasil, 443 pessoas morrem a cada dia por causa do tabagismo. R$125.148 bilhões são os custos dos danos produzidos pelo cigarro no sistema de saúde e na economia e 161.853 mortes anuais poderiam ser evitadas.

Doenças

Lindemberg explica que o tabagismo é uma doença que tem relação com cerca de 50 enfermidades, dentre elas vários tipos de câncer - pulmão, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero, leucemia; doenças do aparelho respiratório - enfisema pulmonar, bronquite crônica, asma, infecções respiratórias; e doenças cardiovasculares como angina, infarto agudo do miocárdio, hipertensão arterial, aneurismas, acidente vascular cerebral, tromboses. 

“Há, ainda, outras doenças relacionadas ao tabagismo como úlcera do aparelho digestivo; osteoporose; catarata; impotência sexual; infertilidade; menopausa precoce e complicações na gestação. Os fumantes adoecem com uma frequência duas vezes maior que os não fumantes. Têm menor resistência física, menos fôlego e pior desempenho nos esportes e na vida sexual do que os não fumantes. Além disso, envelhecem mais rapidamente e ficam com os dentes amarelados, cabelos opacos, pele enrugada e impregnada pelo odor do fumo”, detalha o profissional da saúde.

Fumo x trabalho

De acordo com Lindemberg, a vontade de fumar, além de ser fisiológica, ou seja, dependência química, e habitual, pode também estar relacionada como uma válvula de escape emocional. “É muito comum os fumantes perceberem que fumam mais quando estão passando por algum problema ou estresse, desta forma o ambiente de trabalho que gera um alto nível de estresse pode contribuir para sensação de necessidade maior do uso da nicotina”, observa.

Logo, se o profissional se ausenta várias vezes ao dia para fumar, há uma queda no seu rendimento no âmbito de trabalho. Considerando um ano de trabalho, essa perda pode significar um grande déficit para o desenvolvimento profissional em sua área de atuação. Isso sem contar ao cálculo; faltas, atestados médicos e aumento do uso do plano de saúde com relação ao acometimento de novas doenças provindas do uso do tabaco.

Para auxiliar quem deseja parar de consumir o tabaco, o SESI Ceará oferece palestras e oficinas que abordam a conscientização quanto consumo do tabaco, seus males e benefícios ao parar de consumi-lo; atendimento médico clínico que englobam Cardiologia, Otorrinolaringologia, Ortopedia, Urologia e Oftalmologia; exames complementares; atendimentos psicológico e nutricional. E, ainda, atividade físicas e esportivas.

Dicas para parar

Quem busca parar de fumar precisa saber que poderá apresentar alguns sintomas desagradáveis durante o processo e que existe tratamento gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

O enfermeiro do trabalho orienta no caso do indivíduo querer parar de fumar sozinho algumas dicas. “Escolha uma data para ser o primeiro dia sem o cigarro e para aumentar as chances de êxito não tenha cigarros por perto. Programe algo que goste de fazer, que te agrade e que ajude você a se distrair”, recomenda. Ele complementa, ainda:

• Reduzir o número de cigarros. Para isso, é só contar o número de cigarros fumados por dia e passar a fumar um número menor a cada dia.

• Adiar a hora em que começa a fumar o primeiro cigarro do dia. Você vai adiando o primeiro cigarro por um número de horas predeterminado a cada dia até chegar o dia em que você não fumará nenhum cigarro.

Benefícios sem o tabaco

Segundo o Ministério da Saúde, estes são alguns dos principais benefícios para quem parou de fumar:

• Após 20 minutos, a pressão sanguínea e a pulsação voltam ao normal;

• Após 2 horas, não há mais nicotina circulando no sangue;

• Após 8 horas, o nível de oxigênio no sangue se normaliza;

• Após 12 a 24 horas, os pulmões já funcionam melhor;

• Após 2 dias, o olfato já sente melhor os cheiros e o paladar percebe melhor a comida; 

• Após 3 semanas, a respiração se torna mais fácil, e a circulação melhora;

• Após 1 ano, o risco de morte por infarto é reduzido à metade;

• Após 10 anos, o risco de sofrer infarto será igual ao das pessoas que nunca fumaram; 

• Vale ressaltar que parar de fumar pode reduzir o risco de desenvolver a forma mais severa da COVID-19. Quanto mais cedo você parar de fumar menor o risco de adoecer.

Para mais informações sobre os serviços do SESI Ceará, e valores, em relação ao combate ao fumo acesse http://www.sesi-ce.org.br ou (85) 4009.630.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!