Pular para o conteúdo principal

CURVA SINUOSA, de Jéssica Teixeira e direção de Andréia Pires, estreia na II Mostra Latino-Americana de Filmes Etnográficos e no ENTRETODOS – Filmes Curtos e Direitos Humanos

 

Estreia no dia 11 de setembro, no Festival Internacional EntreTodos – Filmes Curtos e Direitos Humanos, o Curta Metragem Curva Sinuosa, com exibição pela plataforma https://entretodos.com.br.  Por mais que Jéssica Teixeira já tivesse feito alguns trabalhos na linguagem do audiovisual, neste ano de 2021, com os teatros ainda fechados, ela adentra ao cinema e audiovisual em vários projetos, mas, principalmente, como atriz, roteirista e produtora de Curva Sinuosa, acompanhada da multiartista e diretora do curta Andréia Pires.

Recentemente, o curta Curva Sinuosa (duração de 20’41” – Ceará/Brasil, 2021), foi exibido na II Mostra Latino-Americana de Filmes Etnográficos e se prepara para a Mostra Competitiva do Festival EntreTodos, na Sessão Linhas e Curvas. Em tempos de remontagem do sistema planetário onde cogitou-se a “terraplanitude” da Terra, o curta metragem surge do projeto “partindo do princípio de que a Terra é plana, sou toda curva desvio, que havia sido planejado para ser um espetáculo de teatro com plateia presencial”, argumenta Jéssica Teixeira.

Contudo, diante de tantos imprevistos e incertezas, a atriz e produtora Jéssica Teixeira convida Andreia Pires para assinar a direção e construírem juntas um roteiro para a linguagem do audiovisual impulsionado a partir das curvas sinuosas do corpo da atriz. O Cineteatro São Luiz (Fortaleza/CE) soma ao processo de criação e produção como dramaturgia textual e espaço-temporal da obra. Este projeto é apoiado pela Secretaria Estadual da Cultura, através do Fundo Estadual da Cultura, com recursos provenientes da Lei Federal nº 14.017 de 29 de junho de 2020.

Na sua 14ª edição, o ENTRETODOS é um festival de filmes curtos (até 25 min) e Direitos Humanos, gratuito, aberto a votação online do público. O festival é justamente o espaço empático necessário entre o EU e o OUTRO para que, juntos ou separados, se possa pensar e moldar, coletivamente, um mundo enraizado na pulsão de vida.

Curva Sinuosa vem nessa esteira, como um filme de Jéssica para aqueles que não têm certeza. É também um filme de Andreia para aqueles que desviam da solidão e esbarram no turbilhão das relações. É um filme dos Pedros que fotografam, editam, sonorizam as vozes dos fracassados, os corpos dos debarados, aqueles desaparecidos e esquecidos. Curva Sinuosa é apenas uma elegante simplicidade daquilo que temos para oferecer.

Idealizado para ser apresentado presencialmente para o público como uma pré-estreia, o projeto transformou-se ao longo de nove meses, readequando-se no formato e na urgência que a Lei Aldir Blanc exigia por conta do caráter emergencial dos recursos liberados para os artistas durante a pandemia.

Desafios

Reconhecidamente aplaudida nos palcos do teatro, Jéssica Teixeira dá o ponta pé inicial no cinema, tendo gravado somente em 2021 três curtas e um longa-metragem. “É uma grande descoberta, um desafio revelador de muitas possibilidades já que o contato com o público no teatro é uma constante na minha experiência artística”, conta Jéssica.

Atriz e produtora, Jéssica Teixeira é também diretora e roteirista, graduada em Teatro – Licenciatura pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e Mestre em Artes pelo Programa de Pós Graduação em Artes também pela UFC. Trabalha com as artes da cena desde criança e, atualmente, desenvolve uma pesquisa sobre "Corpo Impossível" a partir da investigação sobre o seu próprio corpo estranho, matéria prima para a criação do seu primeiro solo “E.L.A”, onde está como atriz, produtora e dramaturga da obra. No audiovisual, recentemente, Jéssica realizou o documentário "Pudesse ser apenas um enigma" e também atuou, roteirizou e produziu o curta metragem Curva Sinuosa, que teve a direção assinada por Andréia Pires.

Andréia Pires é mestre em Artes pela Universidade Federal do Ceará, graduada em Artes Cênicas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, pesquisou os procedimentos de Composição em Tempo Real com o Coreógrafo português João Fiadeiro, formada pelo Curso Técnico em Dança, do Centro Cultural Dragão do Mar/ SESC-Senac. Pesquisa dramaturgias diversas num contexto expandido e interessado pelo corpo no Âmbito das Artes Cênicas. Integra a Inquieta Cia., e transita por diversos projetos como diretora, dramaturgista, coreógrafa e preparadora de elenco. No audiovisual, dirigiu os trabalhos: "A fera do Clima', "Vando Vulgo Vedita", "Bairro dos Cupins", "Corte" e "Curva Sinuosa".



SERVIÇO

No dia 11 de setembro no Festival Internacional Entre Todos

14º Festival Entretodos - Filmes Curtos e Direitos Humanos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!