Pular para o conteúdo principal

Fortaleza: MPCE discute cumprimento de legislação que determina realização de exames de vista e audição por alunos da rede pública de ensino

 

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) promoveu, nessa quarta-feira (06/10), uma reunião virtual para discutir a efetivação da Lei Municipal nº 10.668/2018 e da Lei Estadual nº 12.073/93, nas quais constam a obrigatoriedade da realização de exames de vista e audição pelos alunos da rede pública de ensino. Os procedimentos, conforme as leis, devem ser realizados pelo Município de Fortaleza e pelo Estado, respectivamente. Realizada por meio da Plataforma Microsoft Teams, a reunião contou com a participação de membros e servidores do MPCE e de representantes de secretarias da cidade de Fortaleza e do Estado do Ceará. 

Durante a reunião, o coordenador do Centro de Apoio Operacional da Cidadania (CAOCIDADANIA), promotor de Justiça Hugo Porto, destacou a importância do cumprimento do que determina a Lei Estadual nº 12.073/93 e a Lei Municipal nº 10.688/2018, as quais obrigam a realização de exames de vista e audição nos alunos da rede estadual e municipal de ensino. O membro do MPCE também questionou a efetividade da legislação e sugeriu que fosse traçado um plano para a efetivação das mencionadas legislações. 

O promotor de Justiça Eneas Romero, coordenador do Centro de Apoio Operacional da Saúde (CAOSAÚDE), ressaltou a importância de dar prioridade a realização do exame de acuidade, dentro do prazo legal. Já a servidora do Centro de Apoio Operacional da Educação (CAOEDUC), Maísa de Araújo, relata que o CAOEDUC está iniciando demandas voltadas à educação inclusiva. A servidora ressaltou que não existe ainda nada relacionado à legislação que foi abordada na reunião, tendo solicitado, por conta disso, informações acerca do fornecimento de lentes ou aparelhos auditivos pelo Município de Fortaleza. 

Em nova intervenção, o promotor de Justiça Hugo Porto ressaltou a importância da existência de um fluxo específico para os alunos que estão matriculados nas escolas. O coordenador do CAOCIDADANIA ressaltou a importância de ser cumprido o prazo de 30 dias no início do ano letivo estabelecido pela legislação e questionou se já houve reunião entre a Secretaria Municipal da Educação de Fortaleza (SME) e a Secretaria da Educação do Estado (SEDUC) para resolver essa demanda. Hugo Porto também solicitou que seja realizada uma articulação visando solucionar o problema ainda no ano de 2021 e destacou, ainda, os empecilhos existentes nos postos de saúde especialmente para a marcação e realização de consultas. O membro do MPCE ainda sugeriu que os exames poderiam ser feitos nas próprias escolas. 

Além dos membros e da servidora do MPCE já citados, também participaram da reunião virtual: a promotora de Justiça Isabel Guerra, secretária-executiva das Promotorias de Justiça do Idoso e da Pessoa com Deficiência de Fortaleza; a estagiária do CAOEDUC, Vanessa de Almeida; o secretário-adjunto da SME, Jefferson Maia; a coordenadora jurídica da SME, Daniele Queiroz; a coordenadora de Articulação da Comunidade e Gestão Escolar da SME, Keith Cintra; e a assessora técnica da Coordenadoria de Promoção e Proteção à Saúde da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Luciene Alice Silva. 

Encaminhamentos 

Ao final do encontro virtual, foram definidos os seguintes encaminhamentos: 
• As Secretarias Municipais da Educação (SME), da Saúde (SMS) e do Desenvolvimento Humano e Social (SDHDS) apresentarão ao MPCE um plano de trabalho conjunto no dia 26 de outubro, às 9h, cabendo a Secretaria Municipal da Educação efetuar este plano. Neste plano de trabalho, nos casos de maior complexidade que exijam ações de competência do Estado do Ceará, a Sesa, que também deverá estar presente durante a apresentação, participará do plano. Essa será a proposta para fins de que se cumpra a legislação tanto para o exame de acuidade visual quanto para o exame de audição em escolas da rede pública de ensino de Fortaleza;  
• Por sua vez, a SME também fará um levantamento do público potencial de alunos que irão realizar os exames, dando o encaminhamento deste público, no prazo de 20 dias, para a SMS e a STHDS, visando a articulação das consultas dentro do prazo legal. Da mesma forma, também deverá ser encaminhado levantamento dos alunos que irão necessitar de lentes, óculos e aparelhos auditivos (nos casos em que os médicos apontarem), devendo tais materiais serem providenciados pelo poder público; 
• Por fim, também serão convidados os promotores de Justiça que atuam na área da Pessoa com Deficiência, da Saúde, da Educação e os respectivos Centro de Apoio para participar da reunião a ser realizada no dia 26 de outubro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Irmão do prefeito de Caucaia e candidato a reeleição, Naumi Amorim, teria sido preso suspeito de crime eleitoral com grande quantidade de dinheiro. Polícia Federal não confirma prisão

 A abordagem foi realizada pela Polícia Civil e por se tratar de possível ilícito eleitoral. Ele teria sido encaminhado para a Polícia Federal juntamente com três secretários da Prefeitura. Além do dinheiro, cerca de 1 milhão de reais, foram apreendidos “Livros-caixas” da contabilidade. Por enquanto não foi confirmada a prisão pela Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, se foi para a PF, tem todo um procedimento de formalidades, desde ouvir o conduzido, testemunhas, analise do que foi apreendido etc. A PF não informa nome de pessoas. O site Ceará é Notícia entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do candidato a fim de saber se o mesmo vai se manifestar. 

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!