Pular para o conteúdo principal

ARTE DE INCLUIR TEM AULAS DE ARTES PARA JOVENS COM SÍNDROME DE DOWN

 


Com o slogan “Queremos ser felizes com música e arte!”, o Projeto Arte de Incluir, desenvolvido pela Associação Fortaleza Down, tem como objetivo possibilitar jovens com síndrome de down, a partir dos 15 anos, aprenderem sobre teatro, dança, canto, audiovisual, fotografia, artes visuais e artes plásticas em oficinas.

Alunos sem a síndrome também podem participar do projeto, que teve início em setembro de 2021 e conta com apoio da Eneva. Todos terão a chance de atuar na construção de um espetáculo em palco que irá acontecer em Fortaleza.

O Arte de Incluir desenvolverá os talentos desses jovens durante as oficinas que ocorrerão até março de 2022 na escola The Biz. As 60 vagas iniciais disponibilizadas são para oito horas semanais, com a realização de festivaisem novembro de 2021 e março de 2022.

A Associação Fortaleza Down foi convidada para o espetáculo "All Together Now", evento global da MTI (Music Theatre International), que abre espaço para que os jovens mostrem todo o aprendizado adquirido no projeto. Também ocorrerá exposição de fotografias e produtos audiovisuais produzidos pelos alunos participantes.

Uma das professoras, Beatriz Leite, relata essa experiência enriquecedora para ela e para os jovens: “Como professora de arte e movimento no Projeto Arte de Incluir, é extremamente gratificante ver a arte com o poder de transformar as vidas e tocar os corações. É muito bonito ver o brilho nos olhos dos meninos e saber que a arte tem como agregar e incluir em suas vidas”.

Elizabeth Teles Bezerra, coordenadora de Responsabilidade Social da Eneva, destaca a importância da oportunidade de patrocinar esse tipo de projeto. “O Arte de Incluir está relacionado diretamente à promoção da acessibilidade e cultura ao público PCD e isso, para nós, tem uma importância enorme pois promove a inclusão e a diversidade e traz oportunidade de experiências até antes limitadas para esse público", salientou.

A Eneva apoiou a estruturação da Associação Fortaleza Down, composta por famílias de portadores de síndrome de down, permitindo que a entidade se tornasse apta à captação de recursos. "Agora, neste primeiro projeto aprovado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, vemos um resultado que nos orgulha. Nosso foco é empoderar as comunidades e públicos vulneráveis para avançar e seguir conquistando o mundo”, ressalta.

Alessandra Costa, vice-presidente da Associação Fortaleza Down, destaca o desafio no nascimento de uma criança especial: “A partir dali, também nascem dúvidas, desafios, medo e várias outras necessidades. É aí que também vem o desejo de se unir a outras pessoas, que compartilham dos mesmos sentimentos. A troca de experiências e a ajuda mútua são de extrema importância”.

Sobre o Projeto

O Arte de Incluir é um festival não competitivo de produções artísticas realizadas a partir de um ciclo de cursos de artes em geral, com metodologia inclusiva, oferecido para alunos com e sem Síndrome de Down e seus professores, bem como alunos e professores de escolas públicas e privadas e de maneira inclusiva, para integrar os diferentes públicos que tenham interesse na formação em Audiovisual e demais linguagens associadas tais como Fotografia, Artes Visuais, Artes Cênicas e Música, a fim de compor produções audiovisuais e artísticas. Os participantes têm aulas teóricas e práticas, com o intuito de montar produções artísticas coletivas. O projeto tem produção executiva da Enter Projetos Socioculturais e Esportivos e a formação é oferecida de forma gratuita na escola The Biz, culminando na realização do festival em espaço cultural local com exibições dos produtos gerados nos cursos. 

Associação Fortaleza Down

A Associação Fortaleza Down promove e coordena ações que buscam defender e garantir os direitos de portadores de Síndrome de Down, buscando a quebra de preconceitos e a inserção na sociedade e no mercado de trabalho. Além disso, a associação previne abusos e ilegalidades e presta apoio aos familiares de portadores desta síndrome. As atividades propostas pela associação são voltadas ao âmbito da arte, cultura, esporte e lazer e efetivam-se através de voluntários, apoio e doações de entidades privadas.

Responsabilidade Social / Eneva

A Eneva, empresa integrada de energia, é uma das apoiadoras do Projeto Arte de Incluir, da Associação Fortaleza Down. A Eneva busca criar soluções coletivas que tragam benefícios, além dos financeiros, para a organização e comunidades próximas às suas operações. Por isso, desenvolve uma série de projetos com vistas a proporcionar a autonomia das comunidades onde atua por meio da educação, capacitação e do desenvolvimento sustentável. No Ceará, a empresa desenvolve o Projeto Educação Sustentável, com o objetivo de promover o debate coletivo e disseminar informações socioambientais em 95 comunidades. O projeto implantou hortas em 23 escolas municipais, situadas no entorno da planta da UTE Pecém II.

 

--------------

 

Patrocínio: Eneva

Realização: Fortaleza Down, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo

Apoio: The Biz e Enter Projetos Socioculturais e Esportivos

 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Boletim de saúde sobre Normando Sóracles

 Boletim manhã 05/12 Normando Soracles segue internado na UTI do hospital São Camilo em Fortaleza onde deu entrada na noite do dia 01/12. Encontra-se sedado, se mantendo clinicamente estável após intubação orotraqueal realizada na manhã do dia 03/12. Apresentou melhora significativa do quadro respiratório e dos exames laboratoriais em comparação ao dia anterior. Mantendo-se sem febre e sem leucocitose. Vem respondendo satisfatoriamente a pronação (técnica que consiste em alternar a posição de deitada) mais conhecida como "posição do nadador". Novos exame serão realizados ao fim desta tarde.   Seguimos cada vez mais confiantes na sua plena recuperação. Tendo a convicção plena que Deus é conosco!