Pular para o conteúdo principal

Aeronaves da Ciopaer realizaram 195 transportes de pacientes e vacinas no Ceará com 368 horas voadas em 2021

 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE) divulga mais um balanço positivo. Desta vez em relação ao número de transporte de pacientes e de missões humanitárias pela Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). No ano de 2021, foram 195 missões realizadas pelas aeronaves da Coordenadoria da SSPDS em todo o território cearense, sendo destas, 159 para a remoção de pacientes e 36 voos para o transporte de vacinas contra a Covid-19 aos municípios cearenses.

Desde que as primeiras doses dos imunizantes contra a Covid-19 desembarcaram no Estado, o Governo do Ceará não mediu esforços para que a população cearense fosse imunizada. Para isto, todo um aparato estatal foi empregado, que inclui as aeronaves da Ciopaer. Dentro de seus cronogramas com diversas atividades inerentes ao serviço policial e aeromédico, a frota aérea passou a realizar as missões humanitárias para a entrega das doses.

De janeiro até dezembro foram 368 horas voadas pelos helicópteros da Coordenadoria da SSPDS empregados nos transportes. Ao todo, foram 159 missões para o transporte de pacientes e 36 missões que ocorreram à medida que as doses desembarcavam no Estado.

Doses que salvam

Sempre que há a chegada de um novo lote, pouco tempo separa o momento em que elas são retiradas do avião no Aeroporto Internacional de Fortaleza – Pinto Martins e seguem no interior de uma aeronave da Ciopaer para as cidades do interior do Ceará.

“A missão da Ciopaer é voar para proteger e salvar vidas. Atuando no transporte de pacientes ou no apoio ao enfrentamento à Covid-19 no Ceará, com o transporte de vacinas da Capital aos municípios mais distantes do Estado, quando são levadas doses de esperança. Os cearenses podem contar sempre com o apoio da Ciopaer”, destaca o coronel aviador FAB Darley Oliveira de Sousa, coordenador da Ciopaer.

Transporte de pacientes

A agilidade na condução de pacientes de alta complexidade faz parte do trabalho diário realizado pelo transporte aeromédico da Ciopaer, que é referência no atendimento e no deslocamento de pacientes para unidades de saúde do Estado. Como ocorreu com uma gestante de 32 semanas, grávida de gêmeos xifópagos – crianças conectadas fisicamente uma a outra – que foi transportada por profissionais da Ciopaer para realização de um parto seguro em Fortaleza. Ela está entre os 159 pacientes transportados em 2021.

Em agosto do ano passado, uma equipe do aeromédico realizou o trajeto entre Juazeiro do Norte, pertencente à Área Integrada de Segurança 19 (AIS 19) do Estado, até a maternidade no bairro Rodolfo Teófilo, na Área Integrada de Segurança 6 (AIS 6) de Fortaleza. O voo durou cerca de duas horas.

À época, a logística para fazer a remoção da gestante se deu pela aeronave Fênix 07. Durante o voo, a paciente e as crianças seguiram bem, graças às condições da aeronave e dos equipamentos, bem como dos profissionais do aeromédico, formado por médicos, enfermeiros e profissionais da segurança pública.

Este ano, o primeiro transporte de pacientes ocorreu na última terça-feira (4), quando um homem de 54 anos foi transportado de Parambu (AIS 22) por profissionais da Ciopaer para internação em Barbalha.

Devido à condição de saúde do homem o transporte se deu de forma urgente. O homem foi transportado na aeronave com suporte de uma equipe médica até chegar ao destino da viagem.

Aeromédicos

As aeronaves da Ciopaer são dotadas de UTI aérea e atuam com médico e enfermeiro a bordo. O transporte aéreo é utilizado para reduzir o tempo de deslocamento entre as cidades por vias terrestres e agilizar a prestação de socorro aos pacientes mais debilitados.

“Por meio do engajamento no transporte de pacientes e missões humanitárias atuamos com as equipes 24 horas por dia. É uma honra para nós ajudar a salvar vidas e contribuir para agilizar o processo de imunização da população cearense neste período de pandemia”, ressalta o coronel aviador Darley.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340