Pular para o conteúdo principal

Instituto Luiz Girão comemora sucesso na implantação de projetos pela melhoria da produção de leite no Nordeste em 2021

 

Braço social de Betânia Lácteos atuou em ao menos cinco frentes para trazer desenvolvimento sustentável para pequenos produtores locais

 

 

Fortalezajaneiro de 2022 – O Instituto Luiz Girão, braço social da Betânia Lácteos, encerrou 2021 celebrando o sucesso na missão de desenvolver a pecuária de leite no semiárido nordestino de forma sustentável por mais um ano com trabalho nas frentes de financiamento para melhoria das fazendas, assistência técnica e acompanhamento profissional para garantir a longevidade do ofício de pequenos produtores locais.

 

A organização atuou como intermediária em financiamentos para os produtores em algumas frentes, entre elas a aquisição de novilhas para manutenção dos rebanhos e aumento da produção. Em 2021, foram 16 produtores auxiliados na compra de 122 animais, o equivalente a R$ 976 mil financiados.

 

O Instituto também atuou como correspondente bancário das instituições financeiras Sicredi e Banco do Brasil, facilitando o acesso dos produtores de leite a crédito para capital de giro, com prazo maior de pagamento, conectando os produtores de leite do Nordeste às instituições financeiras de maneira mais simples, rápida e segura. A parceria com os bancos levantou R$ 2,7 milhões em recursos para as fazendas apenas em 2021.

 

O projeto multidisciplinar Nordeste Leiteiro beneficiou 15 fazendas com a assistência técnica especializada do Mestre Leiteiro, acompanhando mais de 1,7 mil cabeças de gado que produziram mais de 10 mil litros de leite diariamente durante o acompanhamento da iniciativa, garantindo melhor desempenho das fazendas.

 

O Instituto Luiz Girão também fechou parceria com o SEBRAE para fornecer consultoria técnica na Região do Agreste de Pernambuco, analisando as necessidades de cada um dos 17 produtores participantes da ação, acompanhando um rebanho total de 2,1 mil animais.

 

Também na frente de estímulo e aprimoramento da produção, o Concurso Qualidade do Leite teve fazendas participantes de Ceará, Sergipe, Pernambuco e Bahia, agregando valor à matéria-prima e oferecendo um produto cada vez melhor à indústria e ao consumidor ao premiar os produtores com melhores resultados nas categorias de Produtor de Tanque Coletivo e Produtor de Tanque Individual de acordo com os requisitos de qualidade estabelecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). 

 

O Instituto Luiz Girão desenvolveu, ainda, a ação Dia de Campo, encontros presenciais realizados em diferentes fazendas para discutir inovações no segmento da produção leiteira e compartilhar conhecimentos de novas tecnologias com produtores locais. O projeto já está há três anos em vigência e, no último ano, foram realizados três eventos, entre outubro e dezembro, com mais de 580 participantes totais, entre técnicos, produtores, estudantes, agentes bancários, autoridades e convidados da imprensa.

 

“No balanço deste final de ano do Instituto, os números mostram o potencial a longo prazo dos projetos desenvolvidos para garantir a profissionalização das famílias que passam a cultura de leite de geração em geração, garantindo assim o desenvolvimento da produção na nossa região e movimentando a economia local”, comemora David Girão, presidente do Instituto Luiz Girão.

 

Com objetivo de dar continuidade aos projetos bem-sucedidos e ampliar as frentes de ação em 2022, o Instituto Luiz Girão se prepara para anunciar o resultado do Concurso Qualidade do Leite ainda em janeiro, além das ações programadas da continuação do Projeto Nordeste Leiteiro com os programas Mais Leite Saudável e Mestre Leiteiro, um novo Concurso Qualidade do Leite e a continuidade dos Dias de Campo no Ceará, com expansão para Bahia, Pernambuco e Sergipe.

 

Acompanhe o Instituto Luiz Girão no site e canal do YouTube

 

Sobre o Instituto Luiz Girão 

O Instituto Luiz Girão é uma iniciativa da Betânia Lácteos que nasceu para dar vida ao propósito da empresa de promover e desenvolver a pecuária de leite no semiárido nordestino de forma sustentável, valorizando e proporcionando perspectivas melhores aos produtores de leite. Presidido por David Girão, o Instituto atua diretamente em ações como: a melhora da qualidade do leite, o incentivo ao uso de tecnologia no campo, o planejamento forrageiro e reserva alimentar, microcrédito, assistência técnica e de gestão da fazenda, garantia de compra de toda a produção e a escola do Leite para formação de mão de obra qualificada.  A escolha do nome do Instituto é uma homenagem a Luiz Girão, o fundador da história do lacticínio. A concepção do Instituto foi inspirada no sistema de ODS da ONU, uma agenda mundial adotada durante a Cúpula das Nações Unidas, sobre o Desenvolvimento Sustentável nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, redução das desigualdades, etc. 

 

Sobre a Betânia Lácteos  

Fundada em 1971 na cidade de Quixeramobim, Ceará, a Betânia Lácteos conta com seis fábricas localizadas em Pernambuco, Bahia, Sergipe e no Ceará, onde funciona a primeira fábrica de leite em pó do Estado, além de doze centros de distribuição. Maior indústria de lácteos do Nordeste e líder em leite UHT na região, com 41% de share e líder em iogurtes, movimenta uma cadeia produtiva 100% de origem local. São mais de 3.500 famílias produtoras de leite, em cerca de 130 cidades do sertão nordestino. Atualmente, a Betânia Lácteos possui mais de 2 mil colaboradores e está presente em 57 mil pontos de venda. Possui uma linha de produtos com mais de 120 itens, como leites pasteurizados, leites longa vida, bebidas lácteas, iogurtes, queijos, requeijões, leite em pó, creme de leite e leite condensado. A companhia é totalmente comprometida com o propósito de valorizar a família nordestina, alimentando o corpo e inspirando o coração.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340