Pular para o conteúdo principal

Aldo Sena, Ícone da guitarrada paraense, se apresenta no Centro Cultural Belchior nesta sexta-feira (14/06)

  Aldo Sena, Ícone da guitarrada paraense, se apresenta no Centro Cultural Belchior nesta sexta-feira (14/06) O artista é a atração do projeto Depois das Seis Nesta sexta-feira (14/06), o Centro Cultural Belchior recebe Aldo Sena, um dos maiores nomes da guitarrada, ritmo musical que mescla carimbó com influências caribenhas como mambo e merengue. O show, que faz parte do projeto "Depois das Seis", está marcado para às 18h30. Aldo Sena, nascido em Igarapé-Miri, no Pará, em 14 de outubro de 1957, é um músico e compositor renomado, conhecido por sua habilidade única na guitarra. Ele, junto com Mestre Vieira e Mestre Curica, formam a tríade essencial da guitarrada paraense, um estilo que conquistou admiradores pelo Brasil e pelo mundo. Depois das Seis O Projeto é uma ação do Centro Cultural Belchior que convida artistas para apresentações no Largo Luís Assunção do CCBel. O projeto tem o objetivo de fortalecer, valorizar e promover a música regional. Centro Cultural Belchior O Ce

Pesquisadores do ICA da UFC apresentam aplicativo e álbum de figurinhas que mapeiam músicas sobre a cidade de Fortaleza

 Professores e pesquisadores ligados ao Instituto de Cultura e Arte (ICA) da Universidade Federal do Ceará apresentam ao público, na terça-feira (15), às 18h30min, um aplicativo para celular e um álbum de figurinhas, ambos nomeados como Fortaleza em Música. O evento de lançamento ocorre na sede do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará (ADUFC-Sindicato ‒ Av. da Universidade, 2346, Benfica, em Fortaleza).

Imagem: Ao ativar o aplicativo Fortaleza em Música no celular, o usuário terá acesso às canções localizadas no mapa da cidade, podendo ouvir as músicas e conferir informações sobre as composições, os locais representados e os artistas (Imagem: Divulgação)
Ao ativar o aplicativo Fortaleza em Música no celular, o usuário terá acesso às canções localizadas no mapa da cidade, podendo ouvir as músicas e conferir informações sobre as composições, os locais representados e os artistas (Imagem: Divulgação)

Os produtos foram elaborados a partir da pesquisa desenvolvida no âmbito de um projeto maior, também denominado Fortaleza em Música, que tem se dedicado a cartografar as composições musicais que retratam a capital cearense, seus bairros e diversos espaços, como ruas, praças e praias. Até o momento foram catalogadas 200 músicas, de 90 artistas, em um trabalho que incluiu ainda a realização de 36 entrevistas com compositoras e compositores.

APLICATIVO ‒ Ao ativar o aplicativo Fortaleza em Música no celular, o usuário terá acesso às canções localizadas no mapa da cidade, podendo ouvir as músicas e conferir informações sobre as composições, os locais representados e os artistas. Além de apresentar esse repertório musical ao público em geral, o aplicativo funciona como um banco de dados aberto e gratuito, que pode colaborar com a pesquisa sobre tais representações acerca da cidade. Por enquanto, o software estará disponível para aparelhos com sistema operacional Android; em breve, deverá ser disponibilizada também a versão para o sistema IOS.

A ferramenta permite, ainda, que os próprios usuários colaborem com a pesquisa, indicando outras composições a serem incluídas no mapeamento e registrando depoimentos de suas vivências com as músicas e os espaços da cidade.

ÁLBUM DE FIGURINHAS ‒ O livro ilustrado é composto por figuras dos espaços relacionados às músicas compiladas pelo projeto. A obra é fruto do trabalho de conclusão de curso dos publicitários Vitor Alves e João Gabriel Freitas, graduados em Publicidade e Propaganda pela UFC, sob orientação da Profª Sílvia Belmino. São 50 páginas reunindo fotografias e pequenas ilustrações, além de informações sobre as músicas, letras, seus autores e os espaços cantados da cidade. O livro foi impresso em formato A4 e as figurinhas têm dimensão de 5x7 centímetros, conforme padrão do mercado.

SOBRE O PROJETO ‒ O Fortaleza em Música é uma realização do Grupo de Imagem, Consumo e Experiência Urbana (GICEU), do Instituto de Cultura e Arte da UFC. Conta com o apoio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/UFC) e da Assembleia Legislativa do Ceará. O projeto foi criado em 2018 e tem participação dos pesquisadores Sílvia Helena Belmino, Fábio Marques, Robson Braga e Thaís Aragão, com colaboração de Andrew Noronha, Vitor Alves, João Gabriel Freitas, Pedro Campos, Rikelme Souza e Renan Matos Brito.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.