Pular para o conteúdo principal

Convênio entre UFC e Universidade do Arizona é retomado após 11 anos

 O convênio entre a Universidade Federal do Ceará e a Universidade do Arizona foi retomado no último dia 6, com a assinatura do documento na cidade de Tucson (EUA) pelos reitores da UFC, Prof. Cândido Albuquerque, e da UA, Prof. Robert Robbins.

Imagem mostra o reitor da UFC à esquerda e o reitor da Universidade do Arizona à direita sentados em uma mesa sorrindo e segurando o convênio assinado
Retomada ocorreu com a assinatura do convênio pelos reitores da UFC, Prof. Cândido Albuquerque (esquerda), e da Universidade do Arizona, Prof. Robert Robbins (direita) (Foto: Divulgação)
 

“Iniciado em 1963, ainda na administração do Prof. Martins Filho, e com a firme participação do Prof. Prisco Bezerra, o convênio com a Universidade do Arizona foi responsável pela realização de mais de 160 mestrados e doutorados, o que foi fundamental para a qualificação do nosso corpo docente, notadamente no Centro de Ciências Agrárias”, lembrou o reitor Cândido Albuquerque.

Segundo ele, a parceria entre as instituições estava suspensa desde 2011 e agora o objetivo é fortalecer o trabalho conjunto. “Muitos projetos já estão sendo formatados e em várias áreas, o que é fundamental para o nosso processo de internacionalização, hoje um item fundamental para as universidades e uma meta para o reconhecimento internacional da UFC”, ressaltou Cândido Albuquerque.

NEGOCIAÇÕES – De acordo com o pró-reitor de Relações Internacionais e Desenvolvimento Institucional (PROINTER), Prof. Augusto Teixeira de Albuquerque, as tratativas para a retomada da parceria começaram em 2019 por iniciativa da UFC. “Chegamos a marcar uma viagem para Tucson em abril de 2020, que foi cancelada devido ao lockdown”, relembrou. Durante esse período, ele informou que a ideia foi amadurecida até chegar ao convênio firmado.

O pró-reitor adiantou que algumas prospecções já foram feitas para parcerias e intercâmbios. “Mantivemos contato e identificamos algumas possibilidades nas áreas de Agronomia, Ciências Sociais, Empreendedorismo e Telemedicina”, afirmou. Além disso, será formado grupo disciplinar com o intuito de pesquisar tema global presente nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). O objetivo é utilizar essa atuação para prospectar financiamentos em agências internacionais.

Imagem mostra foto preto e branco de cinco homens sentados, sendo quatro em um sofá do lado esquerdo e um em uma cadeira do lado direito
Visitas de professores da Universidade do Arizona após assinatura do convênio na década de 1960 (Foto: Memorial da Escola de Agronomia da UFC)

HISTÓRICO – A diretora do Centro de Ciências Agrárias (CCA), Profª Sônia Maria Pinheiro de Oliveira, afirmou que “as atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e inovação e extensão desenvolvidas hoje no Centro de Ciências Agrárias (CCA) da UFC se devem muito ao convênio celebrado entre a UFC, SUDENE, Universidade do Arizona e USAID na década de 1960”.

O primeiro convênio entre as instituições foi assinado em 1963 para a criação do Programa de Educação Agrícola. Pela UFC, na época, a negociação da parceria foi encabeçada pelo então diretor da Escola de Agronomia, Prof. Prisco Bezerra.

Ela comentou ainda que esse trabalho conjunto entre as duas universidades deixou um legado importante na área de Ciências Agrárias, como a formação de mestres e doutores, o que propiciou a criação de novos programas de pós-graduação na UFC.

Além disso, houve investimentos em infraestrutura. “[Por exemplo] a construção e ampliação de vários laboratórios e reestruturação da Fazenda Experimental do Vale do Curu da UFC, localizada no município de Pentecoste, infraestrutura física utilizada até hoje para realização de aulas práticas e experimentos de pesquisa dos cursos de graduação e pós-graduação”, informou a professora.

Imagem mostra professor Tarquínio discursando em um púlpito ao centro, com um homem em pé do lado esquerdo e outro sentando no lado direito acompanhando a fala
Professor aposentado da UFC José Tarquínio Prisco foi um dos que cursaram pós-graduação na Universidade do Arizona em razão do primeiro convênio (Foto: Ribamar Neto/UFC)

Quem esteve presente à reunião entre representantes da UFC e da Universidade do Arizona para discutir a possibilidade de firmar o primeiro convênio foi o hoje professor aposentado da UFC José Tarquínio Prisco, na época estudante do Curso de Agronomia e bolsista de iniciação científica.

Ele inclusive narra esse fato no livro História, fatos e reflexões – depoimento de um professor, pesquisador e gestor universitário (2014). De acordo com a pesquisa que fez nos relatórios sobre o convênio, um dos motivos para a escolha de uma instituição cearense para a parceria foi o clima semiárido semelhante ao que existe no Arizona.

“Durante os dez anos de duração do Programa [de Educação Agrícola], foram treinados, no País e no exterior, 160 docentes: quatro em nível de Bacharelado, 22 em nível de Aperfeiçoamento ou Especialização, 57 em nível de Mestrado, 53 em nível de Doutorado e 24 administradores receberam treinamento de curta duração”, relembra o Prof. Tarquínio Prisco no livro. Inclusive ele próprio, por meio do primeiro convênio, teve a oportunidade de frequentar o mestrado na Universidade do Arizona, onde depois cursou o doutorado e também foi professor e pesquisador visitante entre 1984 e 1985.

Imagem mostra parte de uma placa de homenagem recebida, na qual é possível ver que o suporte é de madeira e as letras estão escrito em placa metálica com parte delas apagadas
Placa de homenagem recebida em razão da parceria entre UFC e Universidade do Arizona (Foto: Memorial da Escola de Agronomia da UFC)

HOMENAGEM – No Memorial da Escola de Agronomia da UFC, há uma placa recebida da Universidade do Arizona, datada de 25 de outubro de 1973, com o registro de comemoração do sucesso da cooperação técnica entre as duas instituições.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CARIRI GARDEN SHOPPING

  Para evitar aglomeração e atender a todos que buscam garantir as compras do Natal, as lojas âncoras (C&A, Riachuelo, Renner, Marisa e Americanas) do Cariri Garden Shopping funcionarão com horário diferenciado ao longo da semana. De hoje, 20 de dezembro, até o dia 23, o horário de funcionamento seguirá até às 23h.  Já o Mercadinho São Luiz, estará aberto ao publico nos dias 22 e 23, até às 23h.