Pular para o conteúdo principal

DECON interdita empresa envasadora de água por apresentar risco sanitário à saúde do consumidor

 

O Programa Estadual de Defesa e Proteção do Consumidor (DECON), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), fiscalizou, nos dias 31 de maio e 1º de junho, quatro empresas envasadoras de água adicionadas de sais minerais localizadas em Fortaleza. Destas, três foram autuadas, sendo que uma foi interditada por apresentar aspectos totalmente inapropriados para o funcionamento. O principal ponto verificado foi a qualidade da água comercializada, se a mesma estava dentro dos parâmetros higiênico-sanitários permitidos por lei. 

Importante salientar que o órgão tem o dever de coibir práticas abusivas. Além disso, o DECON alerta sobre a importância do consumidor verificar e solicitar esclarecimentos sobre o local de comercialização da água que consome, se o local está em conformidade e se o produto possui procedência idônea. 

Durante as fiscalizações foram verificados, ainda, o controle de limpeza do poço (casa de captação), as tubulações em correto funcionamento com identificação, a higienização da sala de envase e equipamentos, a devida manutenção dos reservatórios, a validade dos garrafões e limpeza, o rótulo com todas as informações sobre a indústria, a validade dos produtos químicos utilizados, a validade e troca dos filtros de tratamento de água para consumo humano, informações sobre preço e formas de pagamento. 

O DECON utilizou para realizar a fiscalização o embasamento legal da Resolução da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA (RDC 182/2017), que dispõe sobre as boas práticas para industrialização, distribuição e comercialização de água adicionada de sais, e o Código de Defesa do Consumidor. As empresas têm 20 dias para apresentarem defesa. A operação de fiscalização foi motivada por diversas denúncias recebidas pelo órgão consumerista, informando sobre práticas ilegais realizadas nesse segmento. O DECON continuará a fiscalização pelos próximos dias na capital e no interior. 

As empresas fiscalizadas foram as seguintes: 

No dia 31: 

Kero Mais: no bairro Vila Peri – Auto de infração: encontrado vazamentos em um dos reservatórios e sem aspecto de conservação; não comprovou a troca periódica dos filtros; 

Água São Mateus: no bairro Passaré – Auto de Infração e Interdição cautelar de suas atividades: Casa de captação (poço) suja e com focos de contaminação e condições higiênico-sanitárias insatisfatória; canalização da água para consumo humano com vazamento e sem identificação visível do seu fluxo; não comprovou os testes de qualidade da água; encontrado vazamentos em um dos reservatórios. 

A água não estava sendo produzida, armazenada e distribuída de forma a evitar contaminação microbiológica; não comprovou a troca periódica dos filtros; não comprovou a higienização das tampas dos garrafões; a sala de envase em estado inapropriado de higiene e conservação, com goteiras e mofo pelo teto; não havia controle de qualidade da água captada; não apresentou o certificado de controle de pragas; sem registro no Conselho Regional de Química; não havia precificação dos produtos. 

No dia 1º: 

Água Ouro Azul: no bairro Mondubim – Relatório de Visita: Não apresentou nenhuma irregularidade. 

Plurágua: no bairro Mondubim – Auto de Infração: Casa de captação (poço) suja e com focos de contaminação e condições higienico-sanitárias insatisfatória; parte da canalização encontrava-se sob o solo, impossibilitando o acesso para inspeção visual; canalização não se encontrava devidamente identificada. 

A equipe de fiscalização do DECON está disponível para receber reclamação ou denúncia de consumidores via WhatsApp através dos números: (85) 98685-6748; telefone: (85) 3452-4508; e-mail: decon.fisc@ana-teixeira

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que