Pular para o conteúdo principal

Clima da Caatinga’: projeto promove diálogo sobre a criação de Reservas Particulares do Patrimônio Natural



Com um resultado positivo, o encontro contou com o pedido formal para a criação de mais uma RPPN no Ceará


O projeto “No Clima da Caatinga”, realizado pela Associação Caatinga com patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, realizou no último dia 23 de junho, na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), uma oficina sobre criação e gestão de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN), que são Unidades de Conservação (UC’s) privadas e criadas por meio de atos voluntários.


A oficina teve como intuito sensibilizar a sociedade e proprietários de terras sobre a importância das reservas particulares para a conservação da biodiversidade e ampliação das áreas legalmente conservadas no país.  O encontro contou, em um ato simbólico, com o pedido formal para a criação de mais uma RPPN Estadual. A solicitação foi entregue pelo proprietário Francisco Hugo Cavalcante de Sousa, do município de Apuiarés, ao Secretário do Meio Ambiente do Estado do Ceará, Artur Bruno. Com uma palestra sobre políticas Públicas de Incentivo às RPPNs no Ceará, o secretário pontuou as novidades e perspectivas sobre as unidades de conservação. “Não haverá desenvolvimento sem sustentabilidade. Por isso, é muito importante que os empreendedores coloquem em suas agendas essa preocupação”, explica. 


A oficina contou ainda com a participação do Advogado e Mestre em Conservação da Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável, Flávio Odjos, abordando conceitos, geração de recursos e legislação para a criação de RPPNs, e de três proprietárias de RPPNs que falaram sobres suas experiências de gestão e a criação de UCs por meio de atos voluntários. 


 “A oficina foi de grande valia para todos nós, houve uma rica e importante discussão entre atores que estão envolvidos no desenvolvimento das unidades de conservação privadas e, além disso, terminamos o encontro com, pelo menos, cinco proprietários de terras interessados em criar suas RPPNs. Em breve, faremos outra oficina sobre RPPN, mas, dessa vez, ela será realizada na Reserva Natural Serra das Almas com o objetivo de alcançar novos proprietários de terras de outras regiões do estado”, Daniel Fernandes, coordenador geral da Associação Caatinga.


Para quem deseja conferir o conteúdo do encontro, basta acessar: https://youtu.be/oOtyQZGpoQQ


Criação de Unidades de Conservação

Uma das linhas de ação da Associação Caatinga é o apoio à criação e gestão de áreas protegidas. Dessa forma, durante seus 24 anos de existência, a entidade já contribuiu com a criação e o apoio à gestão de 31 unidades privadas de conservação federais (29) e estaduais (2), além do apoio a três UCs públicas. Por meio do Projeto No Clima da Caatinga, a Associação Caatinga apoiou seis RPPNs, seja no processo de criação ou na elaboração e implementação do plano de manejo das unidades, que é um documento técnico obrigatório que estabelece as normas e diretrizes da área. No total, o projeto já contribuiu com a proteção legal de 6.432,48 hectares de Caatinga e com o estoque de aproximadamente 585 mil toneladas de Co2e (Carbono Equivalente).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que