Pular para o conteúdo principal

Natura &Co divulga seu primeiro Relatório Integrado para a América Latina, e enfatiza geração de valor para a sociedade e o meio ambiente



Ao integrar, pela primeira vez, as principais referências internacionais, Global Reporting Initiative (GRI) e Value Reporting Foundation (SASB e IIRC), o relatório integra a geração de valor da companhia nos escopos social, ambiental, financeiro e de governança, ampliando o entendimento sobre desempenho.


O relatório reúne as principais ações das quatro marcas do grupo na região, Avon, Natura, The Body Shop e Aesop, e mostra os resultados de 2021.


O grupo Natura &Co acaba de publicar seu primeiro Relatório Anual Integrado para a América Latina, com informações detalhadas sobre as operações de Avon, Natura, The Body Shop e Aesop ao longo de 2021 na região.



No documento, João Paulo Ferreira, CEO do grupo Natura &Co na América Latina, explica que em 2021 a companhia deu continuidade à integração entre suas quatro marcas, acelerando principalmente as sinergias entre Natura e Avon na região. “Houve um aumento importante de conhecimento sobre cada um dos negócios, e isso veio acompanhado de uma atitude de colaboração. Essa curiosidade de aprender, a adaptabilidade diante das ágeis mudanças internas e externas, e a vontade de colaborar, nos permitiram descobrir que nossa atuação conjunta nos leva a um resultado melhor para o todo, maior do que a mera soma das partes”, comenta o executivo.

Diante dos desafios impostos pela pandemia também em 2021, o grupo manteve entre suas prioridades o cuidado e a saúde de sua rede fortalecendo iniciativas como doação de produtos, apoio aos programas públicos de vacinação, acolhimento às consultoras e representantes mais vulneráveis por meio da Central de Apoio Social Unificada para esses públicos na América Latina e impulsionou a aceleração dos processos de digitalização e omnicanalidade dos negócios, de modo a garantir os fluxos  dos empreendimentos das mais de 4,7 milhões de consultoras e representantes da região, bem como dos seus franqueados.


O relatório amplia o escopo de grande parte dos dados até então reportados, destacando os avanços em inovação, a exemplo do desenvolvimento da linha regenerativa Biome, da Natura, também a renovação do modelo comercial e da marca Avon, a expansão dos negócios e canais da The Body Shop e da Aesop, o e o disruptivo IP&L, ferramenta desenvolvida de maneira pioneira pela Natura para orientar e mensurar o caminho da companhia em direção ao impacto socioambiental positivo. A publicação também joga luz sobre a forma através da qual os negócios na região contribuem para o atingimento das metas do Compromisso com a Vida, a visão de sustentabilidade do grupo para 2030


Em linha com um dos pilares do Compromisso com a Vida, a operação de Natura &Co na América Latina conta com um time cada vez mais diverso. São quase 18 mil pessoas em 18 países na região, em um grupo composto em média por 60% de mulheres. Nas posições de liderança, elas também são maioria, compondo 51% dos cargos.


Entre as sinergias mais relevantes do ano está a otimização das fábricas do grupo: quatro das seis já produzem produtos para mais de uma marca. Nos 19 centros de distribuição em 9 países, a metade das entregas já operam em forma conjunta entre Avon e Natura.


Destaques das marcas em 2021


A Natura foi pioneira em estruturar o primeiro modelo integrado de valoração de suas externalidades socioambientais, o IP&L (Integrated Profit and Loss). Trata-se de uma ferramenta estratégica para tomada de decisão que mensura, em valores monetários, os impactos ambientais, sociais e humanos do negócio. O IP&L apurou que, a cada R$ 1 em vendas da Natura, são gerados R$1,5 em benefícios para os capitais humano, social e natural associados a suas operações.


O número de comunidades fornecedoras amazônicas da Natura no Brasil chegou a 40 em 2021 – eram 34 em 2020. O último ano também marcou o início do relacionamento com duas comunidades, uma no Equador e outra na Colômbia. Somando as comunidades equatoriana e colombiana e as demais comunidades de outras regiões do Brasil, a Natura mantém relacionamento com 46 comunidades.


Em dezembro de 2021, a Natura lançou sua primeira linha vegana de produtos sólidos na categoria beleza e cuidados pessoais. Com ingredientes 100% naturais, zero plástico e acessório em biorresina desenvolvida com a captura de gás metano, Natura Biōme nasce sob uma nova lógica de soluções regenerativas para as pessoas e o planeta, alinhada aos compromissos da marca de gerar impacto positivo. 



O crescimento de 50% do canal de varejo no ano passado foi outro destaque da Natura. A base de consultoras cresceu em quatro dos seis países em que a marca atua. Já os pedidos por meio das mais de 1,5 milhão de lojas on-line de consultoras aumentaram 42% na América Latina, dobrando os níveis registrados antes da pandemia.


O Instituto Natura, frente de apoio à educação da companhia, continuou a fortalecer suas ações em prol da educação pública, com investimentos da ordem R$ 75,1 milhões, beneficiando 3,4 mil escolas e cerca de2,5 milhões de alunos nos 21 estados brasileiros em que opera. Nos países da América Hispânica, foram mil escolas e 168 mil alunos beneficiados no Chile, na Argentina, no México, e nas recém-abertas operações na Colômbia e no Peru.


A Avon, por sua vez, lançou seu novo modelo comercial no Brasil e no Equador, e iniciou sua implementação na Colômbia e em países da América Central. A estratégia permite ampliar a renda das representantes, com a otimização do portfólio de produtos e, aliada à modernização da marca, recupera a penetração nos lares. Atualmente, 80% da rede já é digital isto é, utiliza o site, o app, a revista digital ou o Avon Conecta, plataforma de lojas digitais das representantes, para se relacionar com a Avon e seus clientes. As vendas por esses meios seguiram crescendo em 2021. Via Avon Conecta, o crescimento foi de 75% em relação a 2020. Já as vendas realizadas com apoio da revista digital cresceram 4% na mesma comparação. Os patamares de vendas digitais são maiores aos registrados durante o período de maior restrição da atividade do comércio, em 2020, demonstrando que o crescimento do formato é solido e contínuo.


Com o novo posicionamento de marca, #OlhaDeNovo, lançado em 2021, a Avon assinalou um importante momento de renovação, ao celebrar e valorizar a força e a autoestima das mulheres, conectando suas jornadas com a história de transformação da própria marca.


O Instituto Avon no Brasil e as Fundações Avon na América Hispânica continuaram a robustecer suas ações em atenção ao câncer de mama e ao enfrentamento à violência contra a mulher. No Brasil, o Instituto Avon investiu mais de R$ 29 milhões e apoiou 13 projetos desde 2020.  Em linha com os objetivos do segundo pilar do Compromisso com a Vida, o Instituto e as Fundações Avon apoiaram o desenvolvimento do Protocolo Contra a Violência contra Mulheres e Meninas, que oferece acompanhamento a colaboradoras Natura &Co em situação de violência na América Latina.


Focada no varejo, a The Body Shop continuou sendo impactada pelas medidas de distanciamento social. Mas o momento acelerou a digitalização da marca e permitiu que ela chegasse a um número maior de consumidores. No Chile e no México, o e-commerce foi implementado e, no Brasil, continua sua trajetória de expansão. Se comparadas ao resultado de 2019 (pré-pandemia), as receitas geradas pelo e-commerce no Brasil cresceram 146% em 2021.


Com crescimento de dois dígitos em todos os trimestres de 2021, a Aesop ampliou sua presença no Brasil. Recentemente, a marca australiana deu início à sua jornada omnicanal no país. Seu e-commerce foi lançado em dezembro e, desde o mês de outubro, o portfólio da marca também pode ser adquirido no marketplace do shopping Iguatemi 365. A parceria ainda possibilitou a abertura de uma pop-store no shopping Iguatemi, na capital paulista, focada em experimentação – os clientes escolhem seus produtos, efetivam a compra no espaço e os recebem em casa.


O Relatório Integrado Natura &Co América Latina está disponível nos links:


https://ri.naturaeco.com/relatorio-anual-natura/


https://www.natura.com.br/relatorio-anual


 


Sobre Natura &Co


Natura &Co é um grupo global guiado por propósito, composto por quatro marcas icônicas: Avon, Natura, The Body Shop e Aesop. Operando em mais de 100 países, com mais de 3.700 lojas, 35.000 colaboradores e mais de 7,7 milhões de representantes e consultoras, acreditamos em desafiar o status quo para promover impacto econômico, social e ambiental positivos, por meio de cooperação, cocriação e colaboração. Natura &Co registrou receita líquida de R$ 40,2 bilhões em 2021, e temos orgulho em ser a maior Empresa B do mundo. Há 135 anos, a Avon tem apoiado o público feminino, oferecendo produtos de beleza inovadores e de qualidade, que são vendidos principalmente para mulheres, por mulheres. Fundada em 1969, a Natura é uma multinacional brasileira do segmento de cosméticos e higiene pessoal, líder em venda direta, reconhecida por seu modelo de negócios sustentável, que ajuda a manter a Floresta Amazônica em pé. Criada por Anita Roddick em 1976 em Brighton, na Inglaterra, The Body Shop é uma marca global de beleza que busca fazer diferença positiva no mundo. A marca australiana de beleza Aesop foi fundada em 1987 com o desafio de criar produtos superlativos para a pele, o cabelo e o corpo. Conheça mais no site https://www.naturaeco.com/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que