Pular para o conteúdo principal

Papa nega plano de renunciar em breve

 O papa Francisco desmentiu notícias de que planeja renunciar em futuro próximo. Ele disse que está a caminho de visitar o Canadá este mês e espera poder ir a Moscou e Kiev o mais rápido possível.

Em entrevista exclusiva à Reuters, em sua residência no Vaticano, Francisco também negou rumores de que tem câncer, brincando que seus médicos não lhe contaram nada sobre isso. Pela primeira vez, deu detalhes sobre a condição do joelho, que o impede de realizar algumas atividades.

Em conversa de 90 minutos na tarde de sábado (2), em italiano, sem a presença de assessores, o pontífice, de 85 anos, reafirmou sua condenação ao aborto, após a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos, no mês passado, que revogou o direito constitucional ao procedimento no país.

Rumores surgiram na mídia de que uma conjunção de eventos, no fim de agosto, incluindo reuniões com cardeais do mundo para discutir nova constituição do Vaticano, uma cerimônia para empossar novos cardeais e uma visita à cidade italiana de L'Aquila, poderia prenunciar uma saída.

L'Aquila está associada ao papa Celestino 5º, que renunciou ao papado em 1294. O papa Bento 16 visitou a cidade quatro anos antes de renunciar em 2013, o primeiro a fazê-lo em cerca de 600 anos.

Alerta e à vontade durante toda a entrevista, enquanto discutia questões internacionais e da Igreja, Francisco riu da ideia.

"Todas essas coincidências fizeram alguns pensarem que a mesma liturgia aconteceria", disse ele. "Mas nunca passou pela minha cabeça. Por enquanto não, por enquanto não. Realmente!"

Francisco, no entanto, repetiu a posição declarada muitas vezes de que poderia renunciar algum dia se a saúde debilitada tornasse impossível dirigir a Igreja - algo que era quase impensável antes de Bento 16.

Questionado sobre quando achava que isso poderia acontecer, disse: "Não sabemos. Deus dirá".

Lesão no joelho

A entrevista foi concedida no dia em que o papa deveria partir para a República Democrática do Congo e o Sudão do Sul, viagem que foi cancelada pelos médicos.Eles disseram também que Francisco poderia perder uma viagem ao Canadá, de 24 a 30 de julho, a menos que concordasse em ter mais 20 dias de terapia e descanso para o joelho direito.

O pontífice afirmou que a decisão de cancelar a viagem à África lhe causou "muito sofrimento", principalmente porque queria promover a paz nos dois países.

Francisco usou uma bengala ao entrar em uma sala de recepção no térreo da casa de hóspedes Santa Marta, onde mora desde sua eleição em 2013, evitando o apartamento papal no Palácio Apostólico usado por seus antecessores.

Questionado sobre como estava, o papa brincou: "Ainda estou vivo!"

Ele deu detalhes de sua lesão pela primeira vez em público, dizendo que sofreu "pequena fratura" no joelho quando deu um passo em falso enquanto um ligamento estava inflamado.

"Estou bem, estou melhorando lentamente", afirmou, acrescentando que o progresso está sendo possível com laser e terapia magnética.

Francisco também descartou rumores de que um câncer foi encontrado há um ano, quando passou por uma operação de seis horas para remover parte do cólon por causa de diverticulite, comum em idosos.

"Ela [a operação] foi um grande sucesso", declarou. "Eles não me contaram nada", comentou sobre o suposto câncer, que descartou como "fofoca".

O papa disse que não quer uma operação no joelho porque a anestesia geral na cirurgia do ano passado teve efeitos colaterais negativos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que