Pular para o conteúdo principal

Três Histórias de Amor para Crianças chega ao Teatro do Dragão do Mar

 


 

A capital cearense recebe, no dia 07 de agosto, a terceira peça da trilogia, intitulada “Vamos Comprar Um Poeta”, vencedora do prêmio APCA (São Paulo) na categoria Melhor Espetáculo Infantil. Apresentação integra a programação do Festival TIC


O espetáculo musical “Vamos Comprar Um Poeta”, que tem direção da premiada artista Duda Maia, narra a chegada de um poeta à casa de uma família que mora em lugar fictício. Nesse lar, moram um pai, que só pensa em ganhar dinheiro; uma mãe, que organiza todos os dias os trabalhos domésticos; uma menina esperta e curiosa que gosta de entender o significado das coisas; e um menino, que adora fazer contas. Certo dia, a menina pede aos pais para comprar um poeta. E, a partir da chegada do Poeta, a ideia de produtividade dos moradores da casa começa a se transformar. A montagem cria uma divertida reflexão sobre a nossa capacidade de invenção, de amizade e de despedida. A apresentação única, que integra a programação do Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará (TIC), acontece no Teatro do Dragão do Mar, em Fortaleza (CE), no domingo (07/08), às 17h30. Acesso gratuito com retirada de ingressos na bilheteria com 1h de antecedência.

Inspirado no livro homônimo de Afonso Cruz, o espetáculo conclui a celebrada trilogia Três Histórias de Amor para Crianças, formada ainda pelas peças A Gaiola e Contos Partidos de Amor (que foram um sucesso de público do CCBB BH). Com uma encenação lúdica e dinâmica, montagem mistura música, poesia, teatro e movimento para estimular a imaginação do público infantojuvenil. “Vamos Comprar Um Poeta” é uma celebração à arte e ao amor pela cultura. Observar borboletas, criar poemas e aprender a dar abraços são mais algumas pérolas dessa experiência humana e cheia de sensibilidade.

“Esse texto é um manifesto lúdico, dedicado ao artista que habita em cada ser humano, especialmente nas crianças. É uma maneira de poder falar com poesia e delicadeza sobre a importância da arte na vida das pessoas. Dirigir “Vamos Comprar Um Poeta” no cenário atual é realizar uma relevante homenagem à cultura”, explica a diretora Duda Maia.

Vencedor do prêmio APCA, de São Paulo, na categoria Melhor Espetáculo Infantil, e com seis prêmios no CBTIJ (melhor espetáculo, coletivo de atores, direção, cenário, texto adaptado e iluminação), Vamos Comprar um Poeta é dirigido por Duda Maia, com adaptação de Clarice Lissovsky, direção musical de Ricco Viana, e elenco formado por Letícia Medella, Luan Vieira e Samantha Jones.

"Vamos Comprar Um Poeta é apresentado pelo Ministério do Turismo e pela Chesf e tem patrocínio da Chesf através da Lei de Incentivo a Cultura - Lei Rouanet.

Fotos do espetáculo: https://drive.google.com/drive/folders/1p0xcSNfXhanMKZq01r4oGqbilw5fe-gC?usp=sharing

SERVIÇO:

Espetáculo Musical “Vamos Comprar um Poeta”

Local: Teatro do Dragão do Mar (FORTALEZA)


Dia e horário: domingo (07/08),  às 17h30


Acesso gratuito com retirada dos ingressos na bilheteria com 1h de antecedência


Classificação: livre

 

SOBRE A DIRETORA

Duda Maia é formada pela Escola de Dança Angel Vianna. Foi professora de corpo do Curso Profissionalizante de Atores da CAL (1998-2008). De 1996 a 2006, foi diretora e coreógrafa da Trupe do Passo. Entre 2012 e 2014, recebeu o prêmio Zilka Sallaberry de Melhor Direção, ao lado de Lúcio Mauro Filho, com o infantil “Uma Peça como Eu Gosto”. Dirigiu “Clementina, Cadê Você?”, musical inspirado na vida de Clementina de Jesus; e “A Dona da História”, de João Falcão. Dirigiu o musical “AUÊ”, com o grupo Barca dos Corações Partidos. Sucesso de público e de crítica, “AUÊ” recebeu importantes prêmios de artes cênicas: Shell (Melhor Direção), Cesgranrio (Melhor Direção, Melhor Direção Musical e o Melhor Espetáculo), Botequim Cultural (cinco categorias, incluindo Melhor Direção e Melhor Espetáculo). A peça foi indicada ao Prêmio APCA de Melhor Direção. Duda Maia foi indicada aos prêmios Bibi Ferreira e Prêmio Reverência de Teatro Musical, na categoria Melhor Direção. Em 2016, dirigiu o musical “A Gaiola”, vencedor dos principais prêmios de teatro infantojuvenil, incluindo Melhor Espetáculo e Melhor Direção: sete categorias no Prêmio CBTIJ; cinco categorias no Prêmio Botequim Cultural e três categorias no Prêmio Zilka Sallaberry. Duda ganhou o prêmio de Melhor Direção por “Contos Partidos de Amor”. Duda dirigiu “O Tempo Não Dá Tempo”, espetáculo itinerante em homenagem aos 90 anos de Angel Vianna, no OI Futuro Flamengo e Itaú Cultural. Esteve à frente também da direção do musical ”Elza”, em homenagem à cantora Elza Soares, e com ele ganhou os prêmios de Melhor Direção: Cesgranrio, Reverência, Bibi Ferreira e Botequim Cultural. É ainda diretora artística do show de Elza Soares “Planeta Fome”. Dirigiu o espetáculo “Jacksons do pandeiro”, da Barca dos Corações Partidos, que este ano ganhou o prêmio APTR de Melhor Espetáculo ao vivo. Diretora do musical “Zaquim”, produzido e idealizado por Aniela Jordan da Aventura Produções. Dirigiu recentemente o espetáculo Viramundo com o Balé do Teatro Castro Alves e a Orquestra Afrosinfonica em homenagem aos 80 anos de Gilberto Gil. Duda Maia foi indicada ao prêmio Cesgranrio de Melhor Direção 2022  com o espetáculo musical

JACKSONS DO PANDEIRO. 


MAIS SOBRE A TRILOGIA TRÊS HISTÓRIAS DE AMOR PARA CRIANÇAS

Vamos Comprar um Poeta conclui a trilogia Três Histórias de Amor para Crianças, criada em 2014, e composta pelos musicais A Gaiola e Contos Partidos de Amor.  A iniciativa, da Camaleão Produções Culturais, de Duda Maia, e a Palavra Z Produções Culturais, do produtor Bruno Mariozz, tem como objetivo estimular um diálogo entre crianças e adultos por meio de histórias que celebram o afeto humano. 

Inspirado no livro homônimo de Adriana Falcão, o musical A Gaiola estreou em 2016, no Rio de Janeiro, e ganhou os prêmios CBTIJ, Botequim Cultural e Zilka Sallaberry, além de ter passado pelas quatro unidades do CCBB, realizado cinco temporadas cariocas, participado de vários festivais e de ter sido apresentado em Cabo Verde e Portugal. A peça conta a história de um passarinho que cai na varanda de uma menina e, enquanto ela cuida dele, os dois se apaixonam. Quando o passarinho fica curado e eles têm que se despedir, resolvem aprisioná-lo em uma gaiola. A partir desse dia, surgem as alegrias e os questionamentos de “ficar preso”.

Já Contos Partidos de Amor é inspirado em contos e poemas de Machado de Assis e escrito por Eduardo Rios. O espetáculo estreou em 2018 e ganhou o Prêmio Zilka Sallaberry nas categorias de melhor direção e figurino. Também circulou pelas quatro unidades do CCBB e foi encenado em festivais em Portugal, nas cidades de Fundão e Setubal. O musical conta a história de quatro pessoinhas amorosas e ciumentas que revelam ao público suas verdades sobre as relações humanas por meio de diálogos bem-humorados, dança e música.

 

FICHA TÉCNICA:

Texto original: Afonso Cruz

Direção: Duda Maia

Adaptação: Clarice Lissovsky

Diretora Assistente: Juliana Linhares

Intérpretes Criadores: Letícia Medella, Luan Vieira, Samantha Jones

Direção Musical e Trilha Original: Ricco Viana

Letras das canções: Clarice Lissovsky, Juliana Linhares e Ricco Viana

Preparação Vocal: Agnes Moço

Cenário: André Cortez

Figurino: Kika Lopes

Iluminação: Renato Machado

Desenho de Som: Vitor Osório

Programação Visual: Patricia Clarkson

Direção de Produção: Bruno Mariozz

Produção: Palavra Z Produções Culturais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ajudem a jornalista Marina Alves- TV Verdes Mares

 Oi, gente! Boa noite! Os últimos dias de tratamento foram bem difíceis, por isso fiquei mais ausente por aqui. Agora, começo a recuperar um pouco as forças com a ajuda de transfusões de hemácias e plaquetas. No sentido mais literal que existe, doações que estão salvando a minha vida. Por isso, gostaria de pedir a quem quiser/puder, que me ajude e, consequentemente, ajude outras pessoas com o simples gesto de doar. Pra isso, é só chegar no Fujsan e dizer que quer doar hemácias e plaquetas pra Marina Alves Bezerra. Me disseram que precisa só do nome mesmo, mas se perguntarem mais alguma coisa, lá vai: Nasc 11/04/1989 / CPF: 037.610.203-92 / Inertada no setor de oncologia do Hospital da Unimed. Soube que plaquetas só podem ser doadas por homens, com veias calibrosas. Mas hemácias é uma doação de sangue “normal”. Outra coisa. Soube hoje pelo médico que me acompanha, que além do tratamento de quimioterapia já iniciado, vou precisar de um transplante de medula. Como não tenho irmãos, as cha

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

Idomed Canindé realiza capacitação de profissionais da saúde sobre acolhimento e humanização do atendimento no SUS

  Os profissionais da saúde da atenção básica no município de Canindé, além dos profissionais que atuam na Central de Marcação do município e na Central de Abastecimento Farmacêutico, participaram de capacitação sobre acolhimento e humanização do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), na última semana. O evento aconteceu no auditório do  Instituto de Educação Médica Idomed Canindé em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Canindé e com o Ciclo Permanente de Educação Continuada da Faculdade Estácio de Canindé. Segundo o professor Dr. Orleâncio Gomes Ripardo de Azevedo, coordenador do programa de extensão do Idomed de Canindé, a capacitação é um importante passo para o fortalecimento dos trabalhos da rede pública de saúde. “Esse tipo de ação de aprimoramento que estamos proporcionando aos profissionais da saúde irá beneficiar todos, principalmente a população que utiliza os serviços de saúde pública”, explica. A diretora da unidade de Canindé, Iael Marinheiro, explica que