Pular para o conteúdo principal

Flamengo goleia Boavista e se classifica para semifinais do Carioca

  O Flamengo goleou o Boavista por 4 a 0, na noite desta terça-feira (20) no estádio do Maracanã, para confirmar a classificação para as semifinais do Campeonato Carioca. Com este triunfo, transmitido pela   Rádio Nacional , o Rubro-Negro também assumiu a liderança da competição com 21 pontos, mesma pontuação do vice-líder Fluminense. O destaque da equipe comandada pelo técnico Tite foi o uruguaio Arrascaeta, que marcou duas vezes na etapa final. O placar foi completado com gols de Luiz Araújo e de Pedro, que ainda desperdiçou uma cobrança de pênalti. O próximo compromisso do Flamengo é o clássico contra o Fluminense, a partir das 16h (horário de Brasília) do próximo domingo (25) no estádio do Maracanã. Empate na Pré-Libertadores Pela 2ª fase da Pré-Libertadores, o Bragantino ficou no 0 a 0 com o Águilas Doradas (Colômbia) em jogo disputado no estádio Atanasio Girardot, na cidade de Medellín. As equipes voltam a medir forças a partir das 21h30 da próxima terça-feira (27) em Bragança Pa

Arte como criação, inserção e desenvolvimento da pessoa autista é debatida entre artistas, pesquisadores, profissionais e estudantes


“O que pode a arte? Afetos, Autismos, Artes” é o tema do seminário online que acontecerá de 23 a 30 de setembro. O corpo de palestrantes conta com a participação de profissionais, criadores, professores, artistas, autistas. A programação será transmitida através do canal do YouTube e da página do Facebook do Teatro Boca Rica. Acesso gratuito!


O Transtorno do Espectro Autista (TEA) afeta 1 em cada 44 crianças anualmente, aponta relatório do Centro de Controle de Doenças e Prevenção (CDC) dos Estados Unidos, publicado em dezembro de 2021. Os números representam um aumento de 22% em relação ao estudo divulgado em 2020, no qual apontava de 1 para cada 54 casos. Comparando esses dados com o Brasil, em relação a 2,3% da população, em 2021, teriam cerca de 4,84 milhões de autistas no país. Atualmente, não se tem dados de prevalência do TEA no Brasil, mas o Censo Demográfico 2022, pela primeira vez, pretende colocar o espectro autista no radar das estatísticas.


Com o intuito de trazer à população esse tema e proporcionar uma troca de experiências entre artistas e profissionais que cotidianamente tratam do encontro entre artes e autismos, seja nas experiências criativas, seja no trabalho, na criação artística, no lúdico ou em família, o Teatro da Boca Rica realiza o “II Seminário Online: O que pode a arte? Afetos, Autismos, Artes”. Será de 23 a 30 de setembro, exceto sábado e domingo, das 18h às 22h, através dos canais do Teatro da Boca Rica no YouTube e no Facebook.


Há atualmente no campo da academia, da saúde, das artes, importantes abordagens sobre as muitas possibilidades de contribuir com o pensamento e a criação artística como fatores de desenvolvimento da pessoa autista. O campo artístico especialmente possui uma expressiva produção acerca do tema. Para Rejane Reinaldo, doutora em Artes Cênicas e produtora de projetos voltados à articulação entre artes e neurodiversidades, o ato criativo pode constituir como um fator de inserção, de acesso e desenvolvimento da pessoa autista. E sobre esse universo e sua complexidade, a professora e artista Rosa Primo, também curadora e participante com palestra deste seminário cita: “O autismo é como um asterisco gigante. Ninguém sabe como ele se manifestará em cada um. É nessa multiplicidade e divergência que a arte se faz potente. É no aceitar o outro e transformar o que chamam de sintoma em expressividade que ampliamos as possibilidades do que é dançar, cantar, atuar, pintar. As possibilidades da arte”, explica.


Coordenadora do seminário, Rejane Reinaldo pontua que essa edição está ainda mais representativa. Além do tema ser focado no público autista, houve a preocupação de convidar palestrantes, criadores, professores autistas, seguindo a premissa de “nada sobre nós sem nós”, defendida pelos autistas em suas mais diversas áreas de atuação. “O corpo de palestrantes conta com a participação expressiva de profissionais, criadores, professores autista”, completa.


Realizado pela Associação Educativa e Cultural Teatro da Boca Rica, o “II Seminário Online: O que pode a arte? Afetos, Autismos, Artes” tem como público alvo profissionais, criadores, artistas, professores, de escolas de arte, principalmente as que tratam do autismo, instituições, clínicas, empresas, casas de apoio, escolas em geral, secretarias de saúde e cultura, CRAS (assistentes sociais), CAPS, universidades, cursos universitários de teatro, dança, música, pedagogia, fisioterapia, terapia ocupacional e afins. 


A programação conta com nomes importantes da criação e pesquisa da dança, do teatro e da música no Brasil. Entre eles, destaque-se Rosa Primo (líder do Grupo de Pesquisa Dança e Infância, Artes e Autismos - DIA), Anamaria Fernandes Viana (Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP) e Charles Feitosa (Doutor em Filosofia na Albert-Ludwigs Universität Freiburg, na Alemanha). A mediação das mesas será da coordenadora geral do seminário, Rejane Reinaldo, doutora em Artes Cênicas 2015 (UFBA) e coordenadora do Ponto de Cultura Escola Livre Teatro da Boca Rica.


O “II Seminário Online: O que pode a arte? Afetos, Autismos, Artes” é uma realização da Associação Educativa e Cultural Teatro da Boca Rica. Apoio: Governo do Estado do Ceará, por intermédio da Casa Civil. Produção: Instituto Tembetá, Moio de Artes Produções e Ponto de Cultura Escola Livre Teatro da Boca Rica.


CONFIRA A PROGRAMAÇÃO


Dia 23 de setembro (Sexta-feira)

18h00 [Abertura/Moderação] – Maria Rejane Reinaldo (UFBA/ Ponto de Cultura Escola Livre Teatro da Boca Rica)

18h15 – Autismo: Quando Uma Temporalidade Outra Dança em Mim, com Rosa Primo (UFC) 

19h15 – A subversão das regras como "regra" para a subversão: relato de experiência como palhaça numa clínica terapêutica de saúde mental, com Cristiane Muñoz (Unirio)  

 

Dia 26 de setembro (Segunda-feira)

18h00 – [Abertura/Moderação] – Maria Rejane Reinaldo (UFBA/ Ponto de Cultura Escola Livre Teatro da Boca Rica)

18h15 – É preciso estar atento e forte - desafios e potências da arte e do teatro no trabalho na saúde mental do SUS, com Tavie de Miranda Ribeiro Gonzalez (Unirio)

19h15 – Olhar pra cima: como Apolo me ajudou a contar histórias, com Tatiana Henrique Silva (Unirio)

 

Dia 27 de Setembro (Terça-feira)

18h00 – [Abertura/Moderação] – Maria Rejane Reinaldo (UFBA/ Ponto de Cultura Escola Livre Teatro da Boca Rica)

18h15 – Corredores da hospitalidade: experiências em dança e autismos, com Anamaria Fernandes Viana (UFMG)

19h15 – Pedagogia somático-performativa: autismo, docência e criação em artes, com Caio Picarelli (Unirio) 

 

Dia 28 de setembro (Quarta-feira)

18h00 – [Abertura/Moderação] – Maria Rejane Reinaldo (UFBA/ Ponto de Cultura Escola Livre Teatro da Boca Rica)

18h15 – Arte relacional como revolução dos afetos ou o mundo que desejo inventar, com Tania Alice (Unirio) 

 

Dia 29 de setembro (Quinta-feira)

18h00 – [Abertura/Moderação] – Maria Rejane Reinaldo (UFBA/ Ponto de Cultura Escola Livre Teatro da Boca Rica)

18h15 – O gosto dos outros – paternidade e diferença, com Charles Feitosa (Unirio) 

19h15 – Um tempo pra nós. Ateliê com a família dos participantes do projeto circulando. Artes e autismos em família, com Aline Vargas (Unirio). Participação de Nilsea Aparecida Rosa da Silva Franco (Cida Franco), mãe de uma autista de 16 anos.


Dia 30 de Setembro (Sexta-Feira)

18h00 – [Abertura/Moderação] – Maria Rejane Reinaldo (UFBA/ Ponto de Cultura Escola Livre Teatro da Boca Rica)

18h15 às 22h00 – Artes, Pensamentos, Autismos, com Grupo Neurodivergentes  

Apresentações Musicais intercaladas com poesias, performances e reflexões sobre: autismos, afetos e arte, com: Gustavo Mapurunga (Músico, produtor, professor, administrador e Pós graduado em TEA), Alexandre Costa e Silva (Psicólogo, psicoterapeuta, podcaster, escritor e músico), Gabrielly Moreira Façanha (Autista, musicista, integrante da banda neurodivergentes e estudante de medicina), Eve Valentim (Autista, artista, tatuadora, estudando de Licenciatura em Teatro do IFCE e membro da ABRAÇA), Lucas Sampaio Maia (Autista e quadrinista, membro da ABRAÇA e do CEDEF-CE e atualmente trabalha na Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Pessoa Idosa e Pessoa com Deficiência  -COPID), Julia Pinto (Autista, artista, pintora, artista visual, poetisa e palestrante), Eros Gabriel Oliveira ou como prefere ser chamado, Gabo (Ilustrador, quadrinista, autista e estudante no curso de Design - Moda da UFC) e Larissa Bessa Façanha (Tradutora, escritora e estudante de T.I.).


SERVIÇO

II Seminário online: O que pode a arte? Afetos, Autismos, Artes - De 23 a 30 de setembro de 2022, exceto sábado e domingo, das 18h às 22h, através do canal do YouTube (https://www.youtube.com/c/TeatrodaBocaRica) e página do Facebook do Teatro Boca Rica (https://www.facebook.com/TeatroDaBocaRica). Inscrição gratuita. Receberão Certificado, por dia, os inscritos pelo SYMPLA. Mais informações: @teatrodabocarica. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.