Pular para o conteúdo principal

Vítimas de tragédias esperam cobranças ao Brasil após audiência na OEA Episódios geraram mais de 500 mortos e centenas de desabrigados

  O pedido para que o Brasil seja cobrado a apresentar respostas no âmbito judicial e legislativo deu o tom das intervenções das vítimas de tragédias que participaram da audiência realizada na sexta-feira (12) pela Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), vinculada à Organização dos Estados Americanos (OEA). Na ocasião,   estiveram em pauta cinco episódios : os rompimentos das barragens em Mariana (MG) e em Brumadinho (MG), os incêndios da Boate Kiss e o Ninho do Urubu e o afundamento de bairros em Maceió. Essas tragédias, que juntas geraram mais de 500 mortes e deixaram centenas de feridos e desabrigados, são decorrentes da exploração de atividades econômicas privadas e, até o momento, não resultaram em nenhuma responsabilização na esfera criminal. O assunto foi discutido no 190º Período de Sessões, que teve início no dia 8 de julho e se encerra na próxima sexta-feira (19). Nessa fase, a CIDH realiza ao todo 34 audiências públicas. O propósito é receber informações sobre a

21 postos de saúde de Fortaleza terão pediatras atendendo sem agendamento nos meses de maio e junho

 médica atendendo

Os 23 pediatras estão atendendo de segunda a sexta-feira, entre 7h e 19h, demandas espontâneas

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), está disponibilizando atendimento de emergência com pediatras em 21 postos de saúde da Capital nos meses de maio e junho. A iniciativa visa à ampliação do acolhimento infantil durante a sazonalidade, que potencializa os casos de síndromes gripais neste público.

Os 23 pediatras estão atendendo, conforme relação abaixo, de segunda a sexta-feira, entre 7h e 19h, demandas espontâneas. Quando necessário, após a consulta, conforme prescrição médica, os pais ou responsáveis receberão a medicação para o tratamento da criança na unidade de saúde.

“Devido à sazonalidade, temos percebido um aumento no atendimento de crianças com síndromes gripais nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e no Hospital da Criança de Fortaleza, gerando uma sobrecarga nestes locais. Muitos dos casos são leves, sendo perfil de atendimento do posto de saúde. Por isso, vamos reforçar o atendimento espontâneo, visando dar um maior suporte à rede hospitalar”, afirma Paulo Everton, secretário adjunto da Saúde de Fortaleza.

De acordo com a coordenadora da Atenção Primária e Psicossocial de Fortaleza, Luciana Passos, os 23 pediatras já fazem parte da rede municipal, porém, atendem demandas programadas, que são as consultas agendadas. Então, a iniciativa fará a readequação destes atendimentos, para acolher o público infantil de forma mais célere.

“Os postos de saúde não possuem, em seu perfil de atendimento, especialidades clínicas. Os acolhimentos são realizados por médicos generalistas, porém, estas 21 unidades que darão retaguarda às UPAs e Hospital da Criança possuem pediatras, atendendo somente consultas agendadas, mas, em maio e junho, mudaremos este perfil de atendimento”, enfatiza Luciana.

Postos com atendimento espontâneo em pediatria (maio e junho):

Regional de Saúde I

Posto de Saúde Carlos Ribeiro (Rua Jacinto Matos, 944 - Jacarecanga)
Posto de Saúde João Medeiros de Lima (Av. I, 982 - Vila Velha)

Regional de Saúde II

Posto de Saúde Aida Santos e Silva (Rua Trajano de Medeiros, 813 - Vicente Pinzón)
Posto de Saúde Flávio Marcílio (Av. Abolição, 416 - Mucuripe)
Posto de Saúde Frei Tito (Rua José Cláudio Costa Lima, 100 - Praia do Futuro)
Posto de Saúde Miriam Porto Mota (Rua Cel. Jucá, 1636 - Aldeota)

Regional de Saúde III

Posto de Saúde Anastácio Magalhães (Rua Delmiro de Farias, 1679 - Rodolfo Teófilo)
Posto de Saúde Clodoaldo Pinto (Rua Banward Bezerra, 100 - Padre Andrade)
Posto de Saúde Hermínia Leitão (Rua Gen. Couto, 470 - Quintino Cunha)

Regional de Saúde IV

Posto de Saúde Antônio Ciríaco de Holanda (Rua Gomes Brasil, 555 - Parangaba)
Posto de Saúde Dom Aloiso Lorscheider (Rua Betel, 1895 - Itaperi)
Posto de Saúde Roberto Bruno (Av. Borges de Melo, 910 - Fátima)
Posto de Saúde José Valdevino Carvalho (Rua Guará, S/N - Itaoca)

Regional de Saúde V

Posto de Saúde Graciliano Muniz (Rua 106, 345 - Cj. Esperança)

Regional de Saúde VI

Posto de Saúde José Galba de Araújo (Av. Sen. Fernandes Távora, 3161- Genibaú)
Posto de Saúde Hélio Góes Ferreira (Av. Eng. Leal Limaverde, 453 - Sapiranga)
Posto de Saúde Jangurussu (Rua Estrada do Itaperi, 146 - Passaré)
Posto de Saúde Janival de Almeida (Rua Coelho Garcia, 25 - Passaré)
Posto de Saúde Mattos Dourado (Av. Des. Floriano Benevides, 391 - Edson Queiroz)
Posto de Saúde Monteiro de Moraes (Av. Evilásio Alm Miranda, s/n - Sapiranga)
Posto de Saúde Melo Jaborandi (Rua 315, 80 - Jangurussu)

Ampliação de leitos

Também visando otimizar os atendimentos pediátricos com necessidade de internação, a Prefeitura ampliou a contratualização de leitos pediátricos com o Hospital Infantil Filantrópico (Sopai).

Foram acrescidos 20 leitos, totalizando 140 disponibilizados nesta unidade, para acolher pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) do município de Fortaleza.

Atendimento pediátrico em Fortaleza

Os 118 postos de saúde da Capital estão aptos, por meio de clínicos, para realizar o atendimento em crianças, acolhendo demandas espontâneas e programadas. A Atenção Primária de Fortaleza atua com 493 Equipes de Estratégia da Família (ESF).

Além disso, a população pode buscar atendimento pediátrico de emergência no Hospital da Criança de Fortaleza (HCF), no Sopai, que possui leitos contratualizados, e nas seis Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) gerenciadas pelo Município, localizadas nos bairros Vila Velha, Cristo Redentor, Bom Jardim, Itaperi, Jangurussu, e Edson Queiroz.

Sobre o atendimento pediátrico de urgência e emergência na linha do trauma e queimadura, de alta complexidade, a referência é o Instituto Dr. José Frota (IJF).

Sazonalidade

De janeiro a abril deste ano, a SMS acolheu 25.396 crianças acometidas por síndrome gripal em seus postos de saúde. Já nas seis UPAs gerenciadas pelo Município, no mesmo período, foram 13.241.

O Hospital da Criança, entre os meses de janeiro e março, realizou 6.076 atendimentos pediátricos devido a síndromes gripais, destes, 257 necessitaram de internação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.