Pular para o conteúdo principal

PF prende dois suspeitos de matar filho de Mãe Bernadete Morte de Binho do Quilombo era investigada desde setembro de 2017

  Polícia Federal (PF) prendeu dois suspeitos do assassinato de Flávio Gabriel Pacífico dos Santos, também conhecido como Binho do Quilombo. Ele era representante da comunidade quilombola de Pitanga dos Palmares, na Bahia, junto com sua mãe, Maria Bernadete Pacífico Moreira, também vítima de homicídio no ano passado. A operação ocorreu na tarde de quarta-feira (17) e manhã desta quinta-feira (18). “Os elementos de informação produzidos no curso dos autos demonstram que os suspeitos utilizaram na empreitada criminosa um veículo fraudulentamente adquirido em nome de terceiro, financiado mediante utilização de documentos falsificados. Restou consignado, ainda, que o número de celular utilizado por um dos investigados à época do crime foi cadastrado em nome desta mesma pessoa”, explicou a PF, em nota. “Essas foram circunstâncias que, no início, fizeram as investigações tomar um rumo que se distanciava da correta elucidação do fato criminoso. Identificado o verdadeiro usuário do terminal te

Universidades e IF do Ceará recebem R$ 778,9 mi de investimento Em cerimônia nesta quinta-feira (20), governo federal anunciou aportes para expansão e consolidação de diversos campi na capital e interior do estado

   

Publicado em 20/06/2024 17h45Atualizado em 20/06/2024 19h45
53804441761_cbcfb33aa1_c.jpg
Foto: Ângelo Miguel/MEC
53803460842_50276677fb_c.jpg
Foto: Ângelo Miguel/MEC
53804441756_d0eeb77ae1_c.jpg
Foto: Ângelo Miguel/MEC
53803504642_70783b3d20_c.jpg
Foto: Ângelo Miguel/MEC
53804769649_c04caf083e_c 1.jpg
Foto: Ângelo Miguel/MEC

Ogoverno federal realizou, nesta quinta-feira, 20 de junho, o anúncio de investimentos para instituições federais do Ceará, com vistas a melhorias na educação e na saúde no estado. Ao todo, serão investidos R$ 778,9 milhões, voltados à expansão e consolidação das instituições federais de ensino e da saúde no Ceará. Os detalhes dos investimentos foram anunciados pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao lado do Ministro de Estado da Educação, Camilo Santana. A cerimônia aconteceu no Palácio da Abolição, em Fortaleza (CE). 

Os recursos beneficiarão a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Universidade Federal do Cariri (UFCA), a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).  

Estamos construindo duas novas unidades, descentralizando o Instituto Federal do Ceará em bairros importantes da capital. No caso das universidades, vamos destinar mais recursos em consolidação do que para novos campi, uma decisão discutida com reitores”, explicou Camilo Santana. 

O Presidente Lula ressaltou a importância das obras para região. É preciso dar ao povo do Nordeste a chance de competir em pé de igualdade. A gente não quer tirar nada de ninguém, mas ter a mesma chance. Como eu sou um cidadão que sei o que é não ter uma profissão, ficar procurando emprego e não achar nada, tomei a educação quase que como uma profissão de fé, afirmou. 

Para o reitor da UFC, Custódio Almeida, a expansão das universidades implica em que mais estudantes vulneráveis, que antes não tinham acesso à formação acadêmica, possam ocupar esses espaços e os tornar mais diversos, com a cara do Brasil. 

“Muito obrigado pela retomada dos investimentos na educação superior no Brasil, por cada sala de aula, laboratório, restaurante universitário, residência estudantil, leito hospitalar, quadra esportiva, cada vaga nova para estudantes, servidores e professores, e pelo grande alento que todas essas obras trazem para nossa capital e interior. Em nome de todos os meus colegas reitores, prometo que vamos nos empenhar para implementar esses recursos o mais rápido possível, porque nossas comunidades acadêmicas têm pressa e precisam dessas obras concluídas, mas também porque sei que mais recursos chegarão quando elas estiverem prontas, disse. 

Educação e saúde  O evento lançou, também, as pedras fundamentais do novo Hospital Universitário da UFC e do Hospital Universitário do Cariri (UFCA), do Campus Iracema da UFC em Fortaleza, do campus da Unilab em Baturité e de quatro novos campi do IFCE, dois em Fortaleza (Messejana e São Gerardo), e os outros dois nos municípios de Mauriti e Campos Sales. Além disso, foi assinado um protocolo de intenções entre a Universidade Federal do Cariri (UFCA) e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) para gestão do hospital a ser construído. 

Segundo o Ministro, as novas unidades de saúde “não só vão colaborar para a formação dos profissionais de saúde do interior do estado, mas aumentar o atendimento do Sistema Único de Saúde nessa região”. 

Para Nísia Trindade, ministra de Estado da Saúde, a entrega das obras reforça uma tradição do Ceará na oferta de serviços de saúde qualificadosNesse contexto, essas unidades que serão criadas serão também campus para prática dos nossos estudantes, porque não existe saúde de qualidade sem formação de qualidade, que seja humanista, voltada para o SUS, afirmou. 

Investimentos  Por meio do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), o governo federal investirá, em expansão e consolidação, no Ceará: R$ 189 milhões para as universidades federais; R$ 316,4 milhões para os hospitais universitários; e R$ 190,3 milhões para o IFCE. Além disso, outros R$ 83,2 milhões investidos para as instituições federais de ensino e saúde no Ceará são contrapartida do estado e dos municípios. 

UFC – Com isso, está previsto um investimento de R$ 195,8 milhões para a expansão e consolidação da Universidade Federal do Ceará. Os recursos serão direcionados para a construção do Hospital Universitário da UFC; do Campus Iracema, em Fortaleza (CE); e das novas instalações da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac-UFC). 

Com vistas à consolidação dos campi da UFC nos municípios de Crateús, Quixadá, Russas, Sobral e Itapajé, serão autorizadas as licitações para a construção de: 

  • Novo bloco do curso de Odontologia do Campus Crateús;  

  • Bloco didático no campus de Quixadá;  

  • Novo prédio do curso de Medicina do campus de Russas;  

  • Restauração do prédio da biblioteca e da quadra poliesportiva do campus de Sobral; e 

  • Quadra poliesportiva do campus de Itapajé. 

UFCA – A Universidade Federal do Cariri também ganhará um novo hospital universitário, além de recursos para consolidação da UFCA em Juazeiro do Norte, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Icó, o que inclui a construção de: 

  • Novo hospital veterinário no campus do Crato;  

  • Restaurante universitário no campus de Juazeiro do Norte;  

  • Novo bloco acadêmico para o campus de Barbalha;  

  • Nova biblioteca central para o campus de Juazeiro do Norte;  

  • Novo bloco acadêmico para o campus de Brejo Santo; e 

  • Novo bloco acadêmico para o campus de Icó. 

Para o hospital universitário da UFCA, que terá sua pedra fundamental lançada na cerimônia de anúncio, está previsto um investimento de R$ 200 milhões. Já para a consolidação da universidade, a previsão é serem investidos R$ 34,5 milhões.  

Unilab – A Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira ganhará um novo campus, que será construído no município Baturité. Além disso, receberá recursos para o campus das Auroras, no município de Redenção, que inclui: 

  • Obras de urbanização dos prédios acadêmicos; 

  • Conclusão de implantação de novos laboratórios e novas salas de aulas; 

  • Conclusão das obras de construção das residências universitárias no campus; e 

  • Construção de novo ginásio poliesportivo. 

Os investimentos para a Unilab totalizam R$ 75,2 milhões. Ademais, a universidade receberá a autorização para realização do curso de Medicina. 

IFCE – Com investimento de mais de R$ 150 milhões, o Instituto Federal do Ceará receberá seis novos campi, a serem construídos nos bairros de Messejana e São Gerardo, em Fortaleza, e nos municípios de Mauriti, Campos Sales, Lavras da Mangabeira e Cascavel. A meta é gerar 8,4 mil vagas de educação profissional e tecnológica (EPT).     

Durante o evento, o Campus São Gerardo do IFCE recebeu autorização de funcionamento para o primeiro semestre de 2025. Foi anunciado, ainda, o investimento de R$ 17,4 milhões para construção de restaurantes estudantis em 12 campi do IFCE: Acaraú, Acopiara, Aracati, Boa Viagem, Canindé, Itapipoca, Jaguaribe, Limoeiro do Norte, Maranguape, Quixadá, Tabuleiro do Norte e Tauá. Também há a previsão de mais R$ 15,3 milhões para outros nove restaurantes estudantis, em: Baturité, Camocim, Caucaia, Guaramiranga, Horizonte, Morada Nova, Paracuru, Tianguá e Ubajara. Outros investimentos previstos são: R$ 4,5 milhões para construção de três bibliotecas do IFCE; e R$ 3,1 milhões para obras. 

Expansão e consolidação
 

Universidades federais e hospitais universitários – No dia 10 de junho, o governo federal anunciou o investimento de R$ 5,5 bilhões para a consolidação e expansão das universidades e dos hospitais universitários federais. O investimento é parte do Novo PAC e será dirigido à criação de dez novos campi, espalhados pelas cinco regiões do País, e a melhorias na infraestrutura de todas as 69 universidades federais. Além disso, será repassado R$ 1,75 bilhão para realização de obras em 31 hospitais universitários da Ebserh, sendo oito novos. 

Institutos federais – O governo federal tem o intuito de aumentar a oferta de vagas na EPT, criando oportunidades para jovens e adultos, especialmente para os mais vulneráveis. Nesse sentido, anunciou em março a criação de 100 novos campi dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs). A iniciativa alcançará todas as unidades da Federação, gerando 140 mil novas vagas, majoritariamente de cursos técnicos integrados ao ensino médio. 

Com recurso do Novo PAC, serão investidos R$ 2,5 bilhões na construção dos novos campi. Cada unidade tem custo estimado de R$ 25 milhões, sendo R$ 15 milhões para infraestrutura e R$ 10 milhões para aquisição de equipamentos e mobiliário. Cada campus terá capacidade de atender, em média, 1.400 estudantes. 

Além da expansão, o governo federal está investindo, via Novo PAC, mais R$ 1,4 bilhão na consolidação dos institutos federais existentes, com foco na construção de restaurantes estudantis, bibliotecas e ampliação de salas de aula. 

Participantes – Também estavam presentes no evento Elmano de Freitas, governador do Estado do Ceará; Ana Carla Lopes, ministra do Turismo substituta; Laércio Portela, ministro interino da Secretaria de Comunicação Social; Jade Romero, vice-governadora do Estado do CearáArthur Chioro, presidente da EBSERH; José Sarto, prefeito de Fortaleza; reitores das universidades cearenses, parlamentares e autoridades locais e nacionais. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Endereços dos cines pornôs gays no Centro de Fortaleza

 ENDEREÇO DOS CINES DE FORTALEZA (CE) ☆CINE ARENA RUA MAJOR FACUNDO 1181 ☆CINE AUTORAMA RUA MAJOR FACUNDO 1193 ☆CINE MAJESTICK RUA MAJOR FACUNDO 866 ☆CINE SECRET RUA METON DE ALENCAR 607 ☆CINE SEDUÇÃO  RUA FLORIANO PEIXOTO 1307 ☆CINE IRIS  RUA FLORIANO PEIXOTO 1206 CONTINUAÇÃO ☆CINE ENCONTRO RUA BARÃO DO RIO BRANCO 1697 ☆CINE HOUSE RUA MENTON DE ALENCAR 363 ☆CINE LOVE STAR RUA MAJOR FACUNDO 1322 ☆CINE VIP CLUBE RUA 24 DE MAIO 825 ☆CINE ECLIPSE RUA ASSUNÇÃO 387 ☆CINE ERÓTICO RUA ASSUNÇÃO 344 ☆CINE EROS RUA ASSUNÇÃO 340

CONVOCAÇÃO:

  A SOSERVI - Sociedade de Serviços Gerais Ltda, CNPJ 09.863.853/0010-12, Convoca o funcionário JONAS GADELHA FERNANDES , para comparecer à sede da empresa para resolver assunto de seu interesse. Prazo de 72hs. Endereço: Rua: Dr. Jose Lourenço  – 2530 – Joaquim  Távora

Nota de pesar

  A PRT-7 manifesta o mais profundo pesar pela morte dos servidores aposentados José Maciel da Silva e José Siqueira de Amorim. José Maciel da Silva faleceu em 22 de janeiro. Sua última lotação foi no Setor de Arquivo desta Procuradoria Regional do Trabalho. O servidor José Siqueira Amorim faleceu em 28 de fevereiro e encerrou a carreira na Secretaria da Coordenadoria de 2º Grau. Ao tempo em que se solidariza com os familiares e amigos, a PRT-7 reconhece a valorosa contribuição de ambos enquanto atuaram nesta instituição.