Atenção - Hospital São Camilo registra aumento de 26% dos atendimentos no primeiro mês do ano

Período chuvoso aumenta a incidência de viroses gastrointestinais, levando mais pessoas às emergências do Hospital São Camilo - Cura d’Ars
Com o início do período chuvoso, Hospital São Camilo registra aumento de 26% nos atendimentos. Os casos de viroses são responsáveis pela crescente demanda, que é considerada natural, mas é importante ter cuidado para evitar agravamentos. Apesar de estarem presentes durante todo o ano, nesta época, encontram o ambiente propício a circular mais ainda.
Dentre os diagnósticos estabelecidos, observa-se que as infecções gastrointestinais ou gastroenterites se mostram mais incidentes neste início de ano, com 652 casos confirmados, superando as infecções respiratórias.
Segundo o Coordenador Médico do Pronto Atendimento do Hospital São Camilo, Dr. Pedro Thiago Frota, apesar de estar relacionada ao período chuvoso, a doença não é causada diretamente pela precipitação. A chuva faz com que as pessoas se aglomerem mais em ambientes fechados. Isso favorece a circulação e a transmissão desses vírus que já estão presentes nos dias normais. O turismo da Região, e a questão higiênica também são grandes fatores de risco para a proliferação dos vírus.
O quadro infeccioso caracteriza-se por dor e distensão abdominal, náuseas, vômitos, febre e mialgia. Tais sinais e sintomas são decorrentes no processo inflamatório gerado pelo vírus no trajeto do sistema digestivo, acometendo estômago, gerando dor e náuseas, já no intestino, causando disabsorção alimentar e diarréia. “É importante salientar que devemos estar atentos à desidratação, a idade e comorbidades do paciente, sonolência excessiva, sangramentos gastrointestinais, vômitos incoercíveis e ausência de melhora (dentro de 3 dias em média) são características e sinais potencializadores da gravidade do quadro”, alerta Dr. Pedro Thiago.
As ações preventivas e cuidados compreendem o aumento da ingestão de líquidos, mudanças na dieta, evitando alimentos gordurosos e derivados do leite, repouso adequado, medicações sintomáticas e atenção aos sinais de alerta de piora ou gravidade da infecção. É imprescindível procurar a consulta médica para adequada orientação e seguimento de cada caso, especialmente para idosos, gestantes e crianças.
Dr. Pedro Thiago garante que o Hospital São Camilo dispõe de uma emergência com fluxo totalmente estruturado para a qualidade e eficiência do atendimento prestado aos pacientes acometidos, desde o acolhimento à entrega de exames. “Para contingências como picos de gastroenterites ou arboviroses, dispomos de uma equipe atenta às necessidades crescentes da população, reforçando de imediato o atendimento clínico e pediátrico sempre que a demanda surgir”, Reforça.

Quem deseja trabalhar no Hospital São Camilo, basta cadastrar seu currículo em site: www.saocamilofortaleza.org.br na área ‘’Trabalhe Conosco’’. Responsável Técnico: Dr. Madison Mont’Alverne. CRM: 3794
Serviço:
Hospital São Camilo Cura D’ars
Rua: Costa Barros, 833 - Centro / Fortaleza, Ce - Fone: 3464.7000


Nenhum comentário:

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.

Tecnologia do Blogger.