Pular para o conteúdo principal

Cearense é destaque no fisiculturismo nos Estados Unidos

O atleta Leandro César Silveira Câmara, de 32 anos, é cearense e atualmente mora na Flórida (EUA). Ele está se preparando para seu próximo desafio, que acontece no dia 28 de abril, em West Palm Beach, no "Florida Grand Prix". Leandro começou a competir em 2014 por acaso e, hoje dedica toda sua rotina aos treinos e alimentação restrita para alcançar seus objetivos. O cearense decidiu se mudar para os Estados Unidos para poder focar nas competições internacionais e hoje conta com a ajuda de seu treinador Jeferson Rodrigues e o profissional de nutrição esportiva, Daniel Coimbra.

Leandro começou a competir em Fortaleza e em sua primeira competição já saiu vencedor. Daí em diante ele não parou mais e reúne uma extensa lista de títulos: 

Campeão estreante 2014
Campeão Cearense 2014
Top 3 sul americano 2014
Vice campeão brasileiro 2014
Campeão Norte Nordeste 2015
Campeão brasileiro 2015
Top 5 Mundo 2015
Campeão cearense 2016 
Vice campeão brasileiro 2016 
VICE campeão NTT Mossoró 2016 
Campeão NTT Fortaleza 2016 
Campeão Sobral open 2016 
Campeão NTT Natal 2016 
Vice campeão cearense 2017 
Campeão aberto nos EUA 2018 
Vice campeão aberto EUA 2018 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…