terça-feira, 17 de abril de 2018

Investir em capacitação é fundamental para recolocação profissional

Diante dos altos índices de desemprego, aprimorar competências e buscar novas qualificações podem garantir uma vaga, afirma a consultora Madalena Mattos

Desde 2015, as altas taxas de desemprego vem fazendo parte da realidade brasileira e, no Ceará não, é diferente. Apesar de o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) ter divulgado que o Estado apresentou uma redução no índice de desocupação em 2017, passando de 14,3% no primeiro trimestre do ano para 11% nos três últimos meses do ano, o desemprego ainda se encontra em patamares elevados. No total, são mais de 466 mil pessoas sem emprego formal.

Nesse contexto, e em um mercado de trabalho que exige cada vez mais qualificações, a busca por diferentes tipos de capacitações é praticamente obrigatória para quem deseja receber uma oportunidade nos negócios. A mudança passou a ser uma constante na sociedade e a resiliência é uma das características mais prezadas pelas empresas.

“Quem quer se sobressair no meio dessa instabilidade precisa investir em capacitação. Os profissionais devem se atualizar constantemente para que aprendam a lidar com as mais diversas situações. O mercado está cada vez mais exigente e a tendência é aumentar essa cobrança. Por isso, é importante se dedicar para oferecer um diferencial para as empresas”, explica a consultora de marketing pessoal e palestrante Madalena Mattos.

A limitação de recursos financeiros não pode ser uma desculpa para deixar de buscar novas qualificações. Para Madalena Mattos, nem sempre é possível fazer aquele curso dos sonhos, mas é importante buscar formas alternativas de conhecimento que sejam mais em conta, como workshops gratuitos e leituras.

“Outra dica é procurar entidades de classe ou associações, que geralmente oferecem ótimos cursos com baixo investimento, além de ficar atento aos eventos de mercado gratuitos que acontecem em nossa cidade. Atualmente, a internet também tem demonstrado ser uma importante ferramenta para acesso a conteúdos e cursos gratuitos à distância, muitos certificados por instituições renomadas”, salienta a consultora.

Empresas que capacitam

Investir em capacitação também precisa ser uma iniciativa das empresas para atender suas próprias demandas e fortalecer a equipe. Afinal, cursos e treinamentos de qualificação geram benefícios tanto para o empregador quanto para o funcionário, ao reduzir custos, diminuir a rotatividade, tornar o ambiente de trabalho mais saudável, garantir a produtividade e fazer com que a empresa seja mais competitiva.

De acordo com Madalena Mattos, a capacitação interna protege a empresa da perda de qualidade ao manter os profissionais sempre atualizados. “Trata-se de uma via de mão dupla, onde empregadores e funcionários saem ganhando com o aumento produtividade da equipe e influenciando positivamente o desempenho empresarial no mercado, uma vez que o colaborador agrega valor para si e para a empresa. Ao focar em promover o aumento de habilidades e competências de suas equipes, as empresas tendem a se destacar no mundo dos negócios”, observa a consultora.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.