Pular para o conteúdo principal

Gratuito - Maracanaú terá capacitações gratuitas de 30 de julho a 03 de agosto



Projeto Capacita da UNINASSAU ofertará 600 vagas em minicursos e oficinas em diversas áreas

A Faculdade UNINASSAU Maracanaú está com inscrições abertas para o Projeto Capacita. No período de 30 de julho e 03 de agosto, a iniciativa oferta para a população 600 vagas em cursos e oficinas gratuitas em áreas como Comunicação, Recursos Humanos, Informática, Direito e Gestão. Para se inscrever, os interessados devem acessar http://extensao.uninassau.edu.br.     

De acordo com o diretor da unidade, Eduardo Moreira, a proposta do Capacita é investir na capacitação profissional da população por meio de atividades gratuitas em diversas áreas de conhecimento. “É preciso estar preparado para encarar o mercado de trabalho. Cursos, oficinas e treinamentos fazem toda diferença e agregam valor ao currículo”, disse o diretor, que ressalta que o objetivo da UNINASSAU Maracanaú é focar no desenvolvimento pessoal e profissional do participante.

Os cursos serão realizados nos turnos manhã, tarde e noite, na própria sede da Instituição. E são eles: Marketing digital; Oratória; Liderança e gestão; Como montar um currículo; Legislação trabalhista; Qualidade no atendimento ao cliente; Inteligência Emocional; Excel Básico; Excel Avançado e Como utilizar a calculadora HP. A UNINASSAU Maracanaú está localizada na Rua Senador Petrônio Portela, 125 – Bairro Pajuçara. 

Serviço
Projeto Capacita
Data: 30 de julho a 03 de agosto
Horário: Manhã, Tarde e Noite
Local: Rua Senador Petrônio Portela, 125 – Bairro Pajuçara.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…