segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Cinema - Filme “O Barco”, de Petrus Cariry, vence quatro prêmios no Cine Ceará


Júri universitário concedeu o prêmio de melhor longa-metragem do festival.

Quarto longa-metragem do realizador cearense Petrus Cariry“O Barco” estreou no Brasil durante o 28º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema. A premiação, que aconteceu no último sábado (11), consagrou o drama com quatro prêmios: melhor longa-metragem de acordo com o júri universitário, melhor fotografia (Petrus Cariry), melhor trilha sonora original (João Victor Barroso) e melhor som (Yures Viana, Erico Paiva e Petrus Cariry) pelo júri oficial.

A trama acompanha a vida de uma mulher que tem 26 filhos, cada um chamado por uma letra do alfabeto. Eles moram em uma vila de pescadores, levando uma vida pacata. Até que um deles, o filho mais velho, deseja partir e conhecer o mundo. As inquietações aumentam com a chegada de uma moça, que sobreviveu a um naufrágio.

O drama foi gravado durante quatro semanas no cenário paradisíaco da Praia das Fontes e contou com uma equipe técnica formada, em sua maioria, por profissionais do Ceará. O elenco conta com Rômulo Braga, Samya de Lavor, Veronica Cavalcanti, Everaldo Pontes e Nanego Lira. Petrus assina a adaptação do roteiro ao lado dos cineastas Rosemberg Cariry e Firmino Holanda.

“É gratificante ser reconhecido em um festival que acontece na nossa própria terra. Eu dirijo e fotografo meus filmes e é sempre um desafio, então receber o prêmio de melhor fotografia é muito especial para mim, além do prêmio universitário, concedido por estudantes que têm um olhar fresco sobre cinema contemporâneo. Yures Viana e Erico Paiva são parceiros de longa data e fiquei muito feliz de dividir o prêmio de som com eles. Essa é a primeira trilha sonora feita pelo João Victor Barroso, que já começou ganhando esse destaque. Só temos motivos para comemorar”, conta Petrus Cariry.

Em setembro, “O Barco” participará do Rivne International Film Festival 2018, na Ucrânia, e do Oldenburg International Film Festival, na Alemanha. A estreia nos cinemas está prevista para o primeiro semestre de 2019, com distribuição da Sereia Filmes.

SINOPSE OFICIAL
Em uma vila de pescadores mora Esmerina, uma mulher que tem 26 filhos. O filho mais velho intimamente deseja partir e descobrir o mundo além do mar. O cotidiano desta família é bruscamente alterado a partir da chegada de um misterioso barco que encalha na praia e de Ana, uma moça que sobreviveu ao naufrágio.

FICHA TÉCNICA
O Barco - 2018
Título Inglês: The Boat
Duração: 72 minutos
País: Brasil
Cor: Colorido
Bitola: DCP
Aspecto da Janela: 1:2,39 Scope
Som: Dolby Digital 5.1
Idioma: Português
Direção: Petrus Cariry
Elenco: Samya de Lavor, Rômulo Braga, Everaldo Pontes, Veronica Cavalcanti e Nanego Lira.
Produção Executiva: Bárbara Cariry
Roteiro: Petrus Cariry, Firmino Holanda e Rosemberg Cariry
Fotografia: Petrus Cariry
Montagem: Petrus Cariry e Firmino Holanda
Mixagem e desenho de som: Érico Paiva
Trilha Musical: João Victor Barroso
Som Direto: Yures Viana
Direção de Produção: Teta Maia
Produtora: Iluminura Filmes

FESTIVAIS E PRÊMIOS
13º Sunscreen International Film Festival (EUA)
Interrobang Film Festival 2018 (EUA)
Islantilla Cineforum 2018 (Espanha)
28º Cine Ceará - Festival Ibero-americano de Cinema (Brasil) (Melhor Longa-metragem pelo júri universitário e melhor Som, Fotografia e Trilha Sonora pelo júri oficial)
Rivne International Film Festival 2018 (Ucrânia) (Em setembro)
Oldenburg International Film Festival 2018 (Alemanha) (Em setembro)

FILMOGRAFIA DO DIRETOR
Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois (80 min - 2K - 2015)
Mãe e Filha (80 min - 35mm - 2011)
O Som do Tempo - (10 min - 35mm - 2010)
A Montanha Mágica (13 min - 35mm - 2009)
O Grão (88 min - 35mm - 2007)
Dos Restos e das Solidões (13 min - 35mm - 2006)

BIOGRAFIA DO DIRETOR
Nascido em 1977 no Brasil, Petrus Cariry dirigiu seu primeiro longa-metragem em 2007. O premiado “O Grão” foi o filme que deu início à Trilogia da Morte, seguido de “Mãe e Filha” (2011) e “Clarisse ou alguma coisa sobre nós dois” (2015), que ganharam juntos mais de 70 prêmios em festivais de cinemas nacionais e internacionais.  “O Barco” (2017) é o seu novo longa-metragem.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.