Pular para o conteúdo principal

Sesc leva programação musical à Exponorte 2018

       Nos dias 17 e 18 de agosto, o Sesc integra a programação musical da Exponorte de 2018, em Sobral. O evento, que reúnepecuaristas, agricultores e comerciantes locais, tem diversas atividades e exposições, entre elas apresentações gratuitas de artistas pelo projetoSesc Sonoridades.
            A banda Balaio da Preta se apresenta no dia 17, às 20h. Lideradas pela cearense Patrícia Sousa, a banda mostra um novo projeto, com canções de vários artistas da MPB, samba e bossa nova.
            No dia 18, também às 20h, é a vez dos repentistas Jotinha e Jotão animarem a festa. Naturais do município de Russas, a dupla tem 28 anos de carreira e percorre o país difundindo a cultura  do repente e da embolada.

Sesc Sonoridades
            O projeto proporciona espaço para o desenvolvimento e intercâmbio entre grupos musicais da região, contribuindo para o fortalecimento da cena musical autoral e experimental por meio de apresentações sistemáticas ou mostras, primando pela diversidade de estilos e gêneros.

Serviço:
Sesc Sonoridades na Exponorte
Data: 17 e 18/8
Horário: 20h
Local: Parque de Exposição João Passos Dias (Avenida Dr. José Euclides Ferreira Gomes - Sobral)
Acesso gratuito

*Instituição mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…