#audioinclui

domingo, 10 de março de 2019

Conciliação trabalhista de professores da UECE, UVA, URCA é homologada




Uma das ações trabalhistas mais antigas do Ceará teve homologado acordo parcial nesta sexta-feira, 08, em cerimônia realizada no Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. A ação, processo trabalhista nº 0039300-21.1992.5.07.0004, envolveu professores da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UVA), Universidade Regional do Cariri (URCA) e Governo do Estado.

Durante a solenidade, o governador do Estado Camilo Santana ratificou que o acordo será cumprido o mais rápido possível. “A partir do momento em que o procurador-geral, Juvêncio Vasconcelos Viana, nos procurou com os dados, resolvemos autorizar e nos planejamos para garantir que o acordado seja cumprido rigorosamente a partir de hoje”, salientou o governador. Camilo aproveitou a ocasião para parabenizar o trabalho desempenhado pela Procuradoria-Geral do Estado do Ceará (PGE-CE) ao longo da ação. “Foram várias mãos que se uniram e encontraram uma solução para esse processo”, finalizou Camilo Santana.

O procurador-geral, Juvêncio Vasconcelos Viana, comemorou a conciliação trabalhista que vinha sendo negociado após intensos diálogos entra as partes. “Após diversos trâmites processuais em várias instâncias chegamos a uma solução que incluirá tanto o pagamento das parcelas vencidas, como o pagamento das parcelas vincendas”, destacou o procurador-geral.

Na ocasião, a advogada do Sindicato dos Docentes do Ensino Superior Público do Estado do Ceará (Sindesp), Glaydes Esmeraldo parabenizou o procurador executivo, João Régis Matias e o procurador João Renato Banhos por todo acolhimento e diálogo dedicado à solução da causa. 

A professora da UECE, Walda Weyne, vibrou com a homologação do piso salarial da categoria. “Estamos aqui para comemorar e agradecer o nosso excelentíssimo Governador, que teve a sensibilidade de fazer esse acordo conosco. Nós agradecemos também a todos os procuradores envolvidos na ação, eles tiveram um papel fundamental, foram grandes interlocutores nesse processo”, destacou a docente.

Participaram da cerimônia, o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, desembargador Luís Cláudio Porto Goes; o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), o ministro Renato Lacerda Paiva; o procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho; Francisco José Parente Vasconcelos Júnior; o desembargador José Antônio Parente; o juiz do trabalho, André Braga; o presidente do Sindesp, Gilberto Telmo, demais autoridades e professores e familiares.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.