#audioinclui

domingo, 31 de março de 2019

Prefeito Roberto Cláudio lança Projeto Meu Bairro Empreendedor no Bom Jardim Ocasião marcou a inauguração do primeiro Centro

de Referência do Empreendedor e a assinatura da Ordem de Serviço da Rua do Comércio do bairro

O prefeito Roberto Cláudio lançou, na tarde desta sexta-feira (29/03), o Projeto Meu Bairro Empreendedor. Implantado inicialmente no bairro Bom Jardim, o projeto-piloto visa ao fomento da economia local por meio de diversas ações. A iniciativa, coordenada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza (SDE), objetiva estimular a organização de pequenos produtores e empreendedores, desburocratizar a formalização, realizar capacitações técnicas e gerenciais, consultorias, facilitar o acesso ao microcrédito, com foco no desenvolvimento de novas empresas e na expansão das existentes, além de organizar os produtores locais para participarem do Programa de Compras Governamentais da Prefeitura de Fortaleza.

Na ocasião, o Prefeito, acompanhado de secretários municipais, inaugurou o primeiro Centro de Referência do Empreendedor, que ofertará atendimentos voltados à intermediação de mão-de-obra, capacitações, consultorias e mentorias. Além disso, a iniciativa oferecerá espaços voltados para empresas de base tecnológica com ambiente co-working, sala de treinamento, ateliê de moda e local para realização de feiras para pequenos negócios. Também serão criados núcleos de cooperação, a exemplo das áreas têxteis e de agricultura urbana.

“A ideia é estimular a economia dentro do bairro. O Centro de Referência é um ponto de encontro para o empreendedor e para o potencial empreendedor. Aqui serão ofertadas capacitações em parceria com muitas instituições, a exemplo do Sebrae e de bancos públicos e privados que ofertam microcrédito. Buscaremos facilitar a vida de quem quer se formalizar, capacitar-se, buscar alvará de funcionamento, tornar-se um microempreendedor individual. Queremos garantir direitos a quem empreende”, destacou Roberto Cláudio.

Presente na cerimônia, Cristiano Silva, empreendedor há cinco anos, avaliou positivamente a iniciativa. “Este é um bairro de periferia, onde há muitos empreendedores, mas muita gente ainda não sabe o que é empreender. Este espaço capacitará toda a nossa gente, orientará sobre o que é ser microempreendedor individual e de que forma se pode melhorar sua fonte de renda oferecendo produtos e serviços”, considerou.

Rua do Comércio
Atendendo à demanda da comunidade, o prefeito Roberto Cláudio assinou, na oportunidade, a Ordem de Serviço que autoriza intervenções direcionadas à Rua do Comércio. De acordo com o Gestor, a iniciativa incentiva e oferece novos atrativos a um território cuja vocação para o empreendedorismo está em forte processo de consolidação.

Com urbanização de aproximadamente 415m, a Rua Maria Júlia, no trecho entre as Ruas José Martins e Cel. João Correia, terá alargamento e construção de novas calçadas, pavimentação em piso intertravado, ciclofaixa unidirecional em todo o trecho da via, bolsões para embarque e desembarque ou carga e descarga, passagem de pedestre em nível, com jardineiras para proteção, nos cruzamentos com a Avenida Oscar Araripe e com a Rua Oscar França.

Além de acessibilidade universal, inclusão de rampas acessíveis nos cruzamentos, instalação de piso tátil para as pessoas com deficiência visual e novas calçadas acessíveis, a rua também receberá mobiliários urbanos, paisagismo, arborização e nova iluminação em led.

A Avenida Oscar Araripe e a Rua Oscar França receberão as mesmas intervenções. Com investimento de R$ 2,5 milhões, a obra terá duração de 6 meses.

Fundo financeiro
Para possibilitar o investimento local, a Prefeitura de Fortaleza disponibilizará um Fundo Financeiro com recursos públicos para dar acesso à linha de financiamento de até R$ 5 mil para estimular a criação ou ampliação de negócios na região, promovendo a circulação de dinheiro no bairro, e com isso, estimular a criação de empregos e novos negócios. A atividade de fortalecimento de empreendedorismo local faz parte do Programa Fortaleza Competitiva.

Projeto-Piloto
O Projeto Meu Bairro Empreendedor será iniciado com dois pilotos: um no Bom Jardim, já implantado, e outro no Vicente Pinzon (Grande Mucuripe), cujo cronograma de atividades prevê a instalação para maio deste ano.

No bairro Bom Jardim, foi realizado um diagnóstico econômico, onde foi verificado o que já existe de economia local e de ações de empreendedorismo. Também foi estudado o que pode ser feito para ampliá-las, além de analisados quais tipos de produção e o grau de cooperação existem entre os negócios.

“O bairro do Bom Jardim já tem uma economia local e um nível de organização bem estruturados. Há muita demanda. A implantação estratégica irá frutificar rapidamente. Após a implantação do Projeto no Grande Mucuripe, avaliaremos os resultados e levaremos a experiência, com algumas correções que se façam necessárias, a outros 18 bairros. A meta da gestão é aprender, consolidar a política como vencedora e finalizar o ano de 2020 com 20 bairros empreendedores”, destacou o Prefeito.

Para o secretário Municipal do Desenvolvimento Econômico, Mosiah Torgan, o objetivo do projeto é gerar nas economias locais um impacto que possa ajudar a promover desenvolvimento no território, ao mesmo tempo que estimula a solidariedade e sentimento de pertencimento. "A iniciativa terá como foco territórios considerados irradiadores, por possuírem peculiaridades dentro das atividades comerciais realizadas, baixo IDH e vulnerabilidade social. A ideia é fazer com que o dinheiro circule ainda mais dentro do bairro, através dos estímulos e auxílios da Prefeitura de Fortaleza, seus parceiros institucionais e a comunidade", enfatiza o secretário.

Como participar do projeto?
Moradores do bairro e de seu entorno (empreendedores ou interessados em empreender) podem dirigir-se ao Centro de Referência de interesse. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Parceiros
O Projeto Meu Bairro Empreendedor conta com a parceria da Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPOG), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), Secretaria do Planejamento e Gestão do Ceará (Seplag), Associação Somos UM, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Banco Santander, Banco Palmas, Sebrae, Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRC-CE), Conselho Regional de Contabilidade da 8ª Região - CE, Conselho Regional de Administração (CRA), Centro Universitário da Grande Fortaleza (UNIGrande), Universidade de Fortaleza (Unifor), Moeda Seed e do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento Periciais, Informações e Pesquisas do Ceará (Sescap).

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.