Pular para o conteúdo principal

*Atleta da AYO TEAM ganha três medalhas de ouro no campeonato cearense de atletismo*


Aos 51 anos, o integrante permanente da Seleção Brasileira de Atletismo Master e da AYO Team, núcleo de atletas incentivados pela academia Ayo Fitness Club, Gledson Páscoa, acaba de conseguir mais títulos. Ele competiu e ganhou três medalhas de ouro no Campeonato Cearense de Atletismo, nos dias 4 e 5 de maio, nas categorias de 100, 200 e 400 metros. "É muito gratificante perceber que o incentivo dado pela academia faz total diferença no dia a dia deles. A AYO quer, cada vez mais, estar próxima dos atletas locais e vê-los crescer nas suas respectivas modalidades", disse a diretora da academia, Sasha Reeves.

Gledson já está se preparando para as próximas competições. “Vou disputar o Campeonato de Santa Catarina, nos dias 18 e 19 de maio, na cidade de Jaraguá do Sul. Estou com boas expectativas e esperançoso de que trarei mais um ouro para o Ceará. Agradeço a academia AYO Fitness Club por auxiliar no alcance desses resultados”, disse.

*Sobre Gledson*

Atleta permanente da Seleção Brasileira de Atletismo Master, Gledson compete nas categorias de 100m, 200, 400 metros quadrados. No ano de 2013, o atleta fou campeão mundial de atletismo no revezamento 4x100m. Atualmente, é campeão brasileiro nos 100m e 400m e está entre os três melhores atletas do ranking sul-americano, sendo recordista em pista indoor em um mundial na Hungria. Gledson também já participou de 5 eventos mundiais representando o Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…