Pular para o conteúdo principal

CAACE promove homenagem especial às mães


Em comemoração ao Dia das Mães, a Caixa de  Assistência dos Advogados do Ceará (CAACE), braço assistencial da Ordem dos Advogados do Ceará, promoverá no sábado (11/05), uma homenagem as mães advogadas e também para filhas e filhos advogados que desejarem levar suas mães.
Será um dia inteiro de atrações e serviços gratuitos voltados para a saúde, beleza, bem-estar e entretenimento. A ação acontecerá no Espaço Lounge Manhattan, do Shopping Rio Mar Papicu, localizado no piso L2.
No local, as homenageadas poderão desfrutar de serviços como: esmalteria, maquiagem, cabelo, massoterapia, limpeza de pele, palestra, atendimento com nutricionista, música, palestras, cursos e um espaço kids. Além disso, serão sorteados vários brindes e prêmios, incluindo uma hospedagem de 7(sete) dias para Cancun, Orlando ou Las Vegas.
 “O objetivo da Caixa de Assistência é levar o bem-estar à advocacia cearense. Para nós, comemorar esta data com as mães advogadas que lutam diariamente por justiça e igualdade para todos, é motivo de júbilo”, ressaltou o presidente da CAACE, Sávio Aguiar.
“A Caixa de Assistência faz mais uma singela homenagem e dessa vez para as mães advogadas, que conciliam correria do dia a dia da advocacia com momentos de amor, educação e lazer com os seus filhos. Por isso, que todas merecem ser homenageadas, pois sempre estão da dando o seu melhor, tanto na advocacia quanto aos seus filhos”, comentou a vice-presidente da CAACE, Lara Gurgel.

Serviço:
Data: 11 de maio (sábado)
Hora: 10 às 20h
Local: Espaço Lounge Manhattan do Shopping Rio Mar Papicu - Piso L2
Para mais informações: (85) 4204-5012

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…