#audioinclui

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Ceará gasta, por habitante, 60% a menos que a média nacional com saneamento básico


Marquezan Araújo

O saneamento básico ainda está longe de ser uma realidade para boa parte da população do Ceará. De acordo com os últimos dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), ligado ao Ministério do Desenvolvimento Regional, apenas 25,8% da população do Ceará tem coleta de esgoto. Em relação ao abastecimento de água, somente 63,3% é atendida no estado. Em 2017, os municípios cearenses receberam R$ 184 milhões em investimentos em serviços de água e esgoto. Esse valor, no entanto, ainda é baixo quando comparado coma média nacional. Para efeito de comparação, o aporte no estado representa R$ 20,43 por habitante, 61% a menos que a média nacional de R$ 52,53 por habitante.

Com informações da Agência do Rádio Mais 

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.