Pular para o conteúdo principal

Prefeitura de Fortaleza divulga a programação de maio do Projeto Visão nas Mãos


São 48 profissionais com deficiência visual que oferecem serviços de massoterapia



A Prefeitura de Fortaleza atua, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), no estímulo ao desenvolvimento inclusivo e oferece oportunidade de trabalho e renda para pessoas com deficiência visual, com o Projeto Visão nas Mãos. A iniciativa, que promove a inserção de 48 cegos no mercado de trabalho, disponibiliza espaços públicos para a execução de atividades de massoterapia.

Neste mês de maio, os profissionais oferecem serviços de massoterapia em diversos pontos da cidade: Praça dos Estressados; Secretarias Regionais I, II e VI; Fórum Clóvis Beviláqua; Tribunal de Justiça do Estado do Ceará; Espaço do Artesanato; Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf); Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma); Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor); Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) e na Coordenadoria de Relações Internacionais (Cerif).

Inclusão econômica e social
As pessoas com deficiência visual, que participam do Projeto Visão nas Mãos, recebem consultoria, capacitação gerencial, disponibilização de material de trabalho (cadeiras quick massage, macas e biombos), bem como distribuição de materiais de consumo (camisas, toalha de rosto, mochila, loção hidratante, touca descartável, papel toalha e álcool em gel). Cada sessão custa entre R$ 15 e R$ 20. O valor cobrado nas sessões é repassado integralmente aos massoterapeutas.

Mais informações pelo telefone 0800 081 4141.

Confira a programação completa:

Praça dos Estressados
Data e hora: Todos os dias, 6h30 às 11h / 17h às 21h
Local: Avenida Beira Mar, S/N - Meireles.

Secretaria Regional I
Data e hora: 07, 08 e 09/05, 8h às 17h
Local: Rua: Dom Jerônimo, 20 - Farias Brito.

Secretaria Regional II
Data e hora: 10/05, 8h às 17h
Local: Rua Professor Juraci Oliveira, 01 - Edson Queiroz.

Secretaria Regional VI
Data e hora: 09/05, 8h às 17h
Local: Rua Padre de Alencar, 789 - Messejana.

Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis)
Data e hora: 08/05, 8h às 17h
Local: Rua Francisco José Albuquerque Pereira, 1020 - Cajazeiras.

Tribunal de Justiça do Estado do Ceará
Data e hora: Todas as quintas, exceto feriados, 11h às 16h
Local: Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba.

Fórum Clóvis Beviláqua
Data e hora: Todas as terças, exceto feriados, 8h às 17h
Local: Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhães, 220 - Edson Queiroz.

Espaço do Artesanato da SDE Fortaleza
Data e hora: 10/05, 8h às 16h
Local: Avenida Santos Dumont, 2500 - Loja 17 - Aldeota.

Seuma / Seinf
Data e hora: Todas as quintas, exceto feriados, 8h às 16h
Local: Avenida Deputado Paulino Rocha, 1343 - Cajazeiras.

Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor)
Data e hora: 07 e 21/05, 17h às 22h
Local: Avenida Dos Expedicionários, 5677 - Vila União.

Coordenadoria de Relações Internacionais (Cerif)
Data e hora: 07/05, 8h às 17h
Local: Rua Tibúrcio Cavalcante, 900 - Meireles.

Fórum das Turmas Recursais
Data e hora: Todas as sextas-feiras, 8h às 17h
Local: Avenida Santos Dumont, 1400 - Aldeota

Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado
Data e hora: 30/05, 8h às 16h
Local: Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba (Seplag - 2º Andar).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…