#audioinclui

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Será que um atleta cearense realiza maior desafio aquático do País?



Com saída marcada para 1º de julho, Rodrigo Barroso vai percorrer 117 km no mar, de Fortaleza até Mundaú. Sesc CE é um dos apoiadores do evento.

No dia 1º/07 (segunda-feira) o ultramaratonista Rodrigo Barroso, com apoio do Sesc CE, encara um novo desafio em sua trajetória atlética: quebrar o recorde cearense de maior distância nadada em águas abertas – o atual, aliás, já é dele – e inaugurar outro, de caráter nacional: 117 quilômetros nadados em seis dias sequenciais, cumprindo a maior distância homologada no Brasil.

A empreitada faz parte do projeto “117 km para uma vida melhor”, no qual Rodrigo irá percorrer essa distância em mar aberto, com cinco paradas ao longo do caminho. Ele sai no dia 1º de Fortaleza, em um ponto próximo ao Iate Clube, e até o fim da tarde cumpre 42.300 km em 13 horas, terminando na praia do Pecém, em São Gonçalo do Amarante.

“Só essa parte já constitui um terço da prova e quebra o primeiro recorde”, explica Rodrigo, que teve a ideia a partir de eventos semelhantes realizados em outros países. “Em Nova York, por exemplo, tem o 8 Bridges Hudson River Swim. Em 2017 três brasileiros completaram a prova. Pensei: posso fazer um desafio assim em nosso litoral”, completa.

O percurso termina no dia 6/07, na praia de Mundaú, em Trairi, após cerca de 40 horas de nado. Na primeira parada, com o apoio do Sesc CE, Rodrigo será recebido por integrantes da Colônia de Pescadores do Pecém. Na ocasião, está prevista umaapresentação de Coco do Pecém, dança típica na região.

A segunda parada acontece na Taíba (São Gonçalo), após cerca de quatro horas no mar; a terceira, em Paracuru; a quarta, em Lagoinha (Paraipaba); a quinta, em Flexeiras (Trairi); e a última em Mundaú. A cada parada, ele sai do mar para se alimentar, descansar e dormir, retomando o percurso no dia seguinte.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.