Pular para o conteúdo principal

BNB Clube de Fortaleza recebe recursos para investir em equipamentos esportivos


O esporte cearense ganha nova força no setor e abre mais possibilidades para competições e conquistas.
Seguindo a nova fase do Edital de Chamamento de Projetos nº07 referente ao repasse de recursos para aquisição de equipamentos e também conforme determinado pelo Termo de Execução nº 03/2019, parceria celebrada entre o BNB Clube de Fortaleza e o Comitê Brasileiro de Clubes - CBC, o clube do Ceará acaba de receber R$ 2.794.470,97.
Este recurso será utilizado para atualização e modernização dos equipamentos esportivos que a entidade disponibiliza a seus atletas em formação, na forma do Programa de Formação de Atletas do CBC.
O valor foi descentralizado mediante a apresentação de projeto de formação no contexto do Edital nº 07, por ser um dos clubes anfitriões dos Campeonatos Brasileiros Interclubes®.
Segundo o diretor de esportes da agremiação, Hercílio Mendes, “esses recursos serão utilizados para a aquisição de material esportivo e novos equipamentos para a modernização da academia, substituição dos pisos das quadras esportivas, tatames, aquisição de placares eletrônicos, atualização do sistema de filtragem das piscinas semiolímpicas e aquecimento das piscinas de treino do pavimento inferior, enfim, tudo com o objetivo de proporcionar melhores condições de desempenho aos nossos atletas”.

Fonte: Site do Comitê Brasileiro de Clubes, dia 25/07/2019, cujo link segue abaixo: 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…