Pular para o conteúdo principal

Corredores do Brasil e do exterior participam de prova na Serra da Ibiapaba


Parque Nacional de Ubajara receberá centenas de atletas para disputar provas de longa duração no sábado (17 de agosto). As inscrições ainda estão abertas, mas restam poucas vagas!

Corredores do Brasil e do exterior percorrerão trilhas, estradões e cachoeiras durante o Desafio Parque Nacional de Ubajara e o Ultra Trail 50k Serra da Ibiapaba. As provas acontecem no sábado (17/8) e têm percursos de 6, 12, 24 e 50 km. Um trajeto com as mais belas e desafiadoras paisagens da Serra da Ibiapaba.

Os percursos contemplam cachoeiras como a do Pajé, Gameleira, Cafundó e Gavião, além das trilhas e grutas inseridas tanto no Parque Nacional de Ubajara, como em suas imediações. O objetivo da prova é, em harmonia com a natureza, promover a preservação do meio ambiente e a busca por uma vida saudável, cuidando do corpo, sem esquecer o viés espiritual.

As duas provas são classificadas como Corridas de Montanhas, também conhecidas como Corridas de Trilhas ou TRAIL RUNNING. Este tipo de prova é realizado fora dos perímetros urbanos; no Brasil, é feito nos Biomas Caatinga, Mata Atlântica, Cerrado, Amazônia, Pantanal e Pampa, possibilitando aos atletas imagens surpreendentes, variações de terrenos e intensidade em suas trilhas, com aclives, declives, riachos, pedras, enfim, uma grande variedade de paisagens e terrenos.

Gratos pela divulgação!

Serviço
Ultra Trail 50k Serra da Ibiapaba e Desafio Parque Nacional de Ubajara
Data: 17 de agosto
Inscrições em: www.serradaibiapaba.com.br
Mais informações: (85) 99993.0701 ou (85) 98550.0112

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…