Pular para o conteúdo principal

Doenças reumáticas serão discutidas durante Congresso em Fortaleza


O encontro, que ocorre no Centro de Eventos entre os dias 4 e 7 de setembro, trará palestrantes internacionais especialistas na área

 As doenças reumáticas podem acometer crianças, jovens, homens e mulheres e atingem, principalmente, as articulações. Artrite reumatoide, fibromialgia, lúpus, espondiloartrites, osteoartrite são algumas das condiçõesmais conhecidas. Segundo dados do Ministério da Saúde, as doenças reumáticas afetam a vida de mais de 12 milhões brasileiros. “As doenças reumáticas podem impactar diferentes partes do nosso organismo, além das articulações – como olhos, boca, pele, sistema digestivo”, alerta Dr. José Roberto Provenza, presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR).
     O debate sobre as doenças faz parte da programação do 36º Congresso Brasileiro de Reumatologia – SBR 2019. O encontro ocorrerá entre os dias 4 e 7 de setembro no Centro de Eventos do Ceará e épromovido pela SBR, em parceria com a Sociedade Cearense de Reumatologia (SCR). O SBR 2019 marca os 70 anos da Sociedade Brasileira de Reumatologia.
     O Congresso vai apresentar novos rumos e avanços em reumatologia, que compreende cerca de 120 doenças. A maioria apresenta, como sinal, dor e inflamação nas articulações em comum.São esperados cerca de 400 visitantes epalestrantes nacionais e internacionais, promovendo a troca de informações e experiências.  Já estão confirmados especialistas provenientes da Argentina, Canadá, Chile, Estados Unidos, Lituânia, Paraguai, Portugal, Reino Unido e Uruguai. 
     “A reumatologia é uma especialidade médica que exige um vasto conhecimento médico, pela sua abrangência, requerendo também nossa interação com outras especialidades que nos cercam. É importante estar em constante evolução, pois a saúde e o bem-estar dos pacientes são nossa prioridade”, afirmou Dr. José Roberto Provenza, presidente da SBR. 

Cursos
Durante o Congresso, os participantes também terão a oportunidade de participar de cursos de capacitação em paralelo aos painéis, entre os quais Revisão Clínica para o Reumatologista, Fisioterapia na Reumatologia e Transição para a Reumatologia de Adulto.
     O Congresso tem, como um de seus objetivos, a capacitação do médico, preparando e qualificando o profissional para melhor cuidar de seus pacientes. Assim, promoveremos oito cursos navéspera. Esperamos que esses momentos engrandeçam de forma substancial a prática da Medicina e da Reumatologia”, ressalta a presidente da Sociedade Cearense de Reumatologia, Dra. Kirla Wagner Poti Gomes.
Concursos e prêmios
O 36º Congresso Brasileiro de Reumatologia também terá um momento para a entrega de diversos prêmios para os profissionais responsáveis por trabalhos no campo da Reumatologia. Os prêmios são o Luiz Verztman, Edgard Atra - Advances in Rheumatology e o Wiliam Habib Chahade. Outro ponto de destaque são os dois concursos de fotografia promovidos pela SBR. O primeiro trata das imagens feitas por meio de um aparelho celular. Já o segundo aborda especialmente as fotografias científicas.

Serviço
36º Congresso Brasileiro de Reumatologia - SBR 2019
Onde: Centro de Eventos do Ceará
Data: Entre 4 e 7 de setembro
Horário: 8h às 18h
Programaçãohttps://bit.ly/2RRXVXs
Inscriçõeshttps://bit.ly/2YvwdSP

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…