Pular para o conteúdo principal
Mercadinhos São Luiz é a 28ª melhor empresa para trabalhar no Brasil 
O ranking das 150 melhores empresas foi divulgado ontem pela Época e GPTW

O Mercadinhos São Luiz é a 28ª melhor empresa para se trabalhar no Brasil, de acordo com o ranking divulgado ontem (12), em São Paulo, pela Época Negócios e Great Place To Work (GPTW). Este é o oitavo ano consecutivo que a cearense ocupa o ranking entre as 150 melhores empresas do país. 
O Programa de Certificação visa reconhecer organizações que valorizam pessoas, com  ranking feito a partir de pesquisa realizada junto aos colaboradores de cada empresa. O GPTW é uma autoridade global no mundo do trabalho, e especialistas em transformar a organização em um Great Place to Work, ajudando o empresário a aproveitar o melhor das pessoas e atingir resultados excepcionais e, acima de tudo, sustentáveis. 
As campeãs fazem parte do anuário “As 150 Melhores Empresas para Trabalhar”. O guia, que chega às bancas no início de setembro, trará todas as práticas de gestão de pessoas das vencedoras. A lista é elaborada pelo Great Place to Work, que realizou pesquisas qualitativas e quantitativas com funcionários e gestores de 2.645 empresas antes de chegar ao ranking das melhores. 
Para Ana Paula Falcão, diretora de recursos humanos dos Mercadinhos São Luiz, esse resultado alcançado pela empresa se deve à manutenção da  estratégia de negócio sempre alinhada com a cultura da empresa. “É um legado deixado pelo Seu João [João Melo, fundador do São Luiz]. Tudo que fazemos aqui tem como base esse entendimento, tendo como balizador o cuidado com as pessoas. Não é de qualquer jeito que buscamos resultados, todo mundo tem que ganhar: cliente, fornecedor e funcionário”, afirma.   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…