Pular para o conteúdo principal

O esquenta do mercado de moda popular cearense



Mês de promoções aquecem as vendas no maior Polo de Moda de Fortaleza 

Durante o mês de agosto e setembro acontecem as promoções que marcam a renovação dos estoques das lojas. Neste momento importante que fortalece o mercado local surgem oportunidades de negócios para aqueles que desejam abrir seu próprio empreendimento e também para quem desejar renovar o guarda-roupa investindo pouco. É o que afirmou o diretor do Shopping Pátio Central, Pedro Carapeba.
“Eu acredito que neste momento de promoções é a oportunidade perfeita para empreender com sucesso. Por exemplo: o Mega Bazar do Pátio Central já está na 8º Edição e vai além dos preços que são excelentes, mas a credibilidade em oferecer produtos de qualidade”, ressaltou.

Popular

Incentivar o mercado de moda popular e fomentar a economia em meio ao cenário atual do País é um dos principais objetivos do Mega Bazar que chega a oferecer descontos de até 70% e acontece nesta sexta-feira (30/08) e vai até domingo (01/09), na Av. Pessoa Anta, n14.

“O Mega Bazar vem para agregar, não só o evento em si, mas o reconhecimento, a valorização dos produtos cearenses, captação de novos clientes e renovação do ciclo de produção que é muito importante. Ajuda a mostrar a moda local com qualidade, uma ideia brilhante que tem todo o meu apoio.” Afirmou Suzy Sullivan, Designer de Moda e empresária local.


Serviço:
Quando: Dias 05, 06 e 07 de abril
Onde: Shopping Pátio Central || Av. Pessoa Anta,14
Horários:
Sexta-feira - 8h às 17h
Sábado - 8h às 20h
Domingo - 5h às 12h
Contato: (85) 3231.8866

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…