#audioinclui

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Projeto Escola Vem ao Sesc se destaca com projeção internacional no Prêmio Internacional Latinoamérica Verde no Equador


“Em terceiro lugar, o projeto desbanca mais 2.300 de 35 países e fica entre 10 finalistas no Prêmio Protagonista DIRECTV”

Visibilidade internacional e reconhecimento dão destaque para o projeto Escola Vem ao Sesc no Prêmio Internacional Latinoamérica Verde, ocorrido no Equador, de 21 a 25 de agosto. O projeto firmou-se em terceiro lugar da premiação sendo o único finalista do Brasil cocorrendo com Chile (1º lugar) e Argentina (2º lugar) na categoria Floresta e Flora.

O presidente do sistema Fecomércio, Maurício Filizola participou da defesa do projeto que ocorreu na noite de gala do evento, na cidade de Guayaquil, através de uma apresentação oral para a cúpula internacional do Meio Ambiente. “Esse reconhecimento é consequência de um trabalho bem desenvolvido pela equipe. Estamos orgulhosos com este resultado”, declarou Filizola.

O projeto deixou para trás mais de 2.300 projetos de 35 países, fazendo parte dos 30 finalistas do ranking dos 500 melhores. Ainda na competição, participou de uma premiação simultânea, ficando entre os 10 finalistas do Prêmio Protagonista DIRECTV, uma parceria entre a empresa de comunicação e o Prêmio Latinoamérica Verde.

O Escola Vem ao Sesc se projetou na competição para o mundo como único projeto defendendo uma mudança de mentalidade, comportamento e de hábitos, voltados para a preservação dos recursos naturais. “A colocação de ambas as premiações vem para firmar que estamos no caminho certo para colaborar com o meio ambiente, com a conscientização de sua importância através da educação ambiental para alunos de rede pública. Seguiremos com a jornada rumo ao primeiro lugar ano que vem”, declarou o analista do Sesc, Francisco Cardoso.

Os critérios analisados durante a premiação foram: aplicabilidade, inovação, sustentabilidade ambiental, sustentabilidade social e sustentabilidade financeira. Chile e Argentina defenderam projetos de solução florestal para a desertificação e madeiras plásticas ecogênese, respectivamente.

Com cerca de quatro anos de existência, o projeto Escola Vem ao Sesc está incluído no Programa de Educação do Sesc no Ceará. Através dele, alunos de escolas públicas da Região Metropolitana de Fortaleza, com idade entre 7 e 14 anos, realizam uma aula de campo sobre educação ambiental na Reserva Ecológica Sesc Iparana.

Nas visitas, são ofertadas atividades educativas e culturais, além de recreação no parque aquático. A programação acontece todas as terças-feiras pela manhã e à tarde, de acordo com o calendário escolar dos visitantes, sendo recebidos em média 120 alunos por turno. A iniciativa é gratuita e tem o objetivo de auxiliar na formação de novos multiplicadores ambientais.

Existente há quatro anos, o projeto já atendeu 180 escolas e 28 mil alunos.

Etapas
Na primeira etapa, o projeto Escola Vem ao Sesc ficou em 1º lugar, com esse julgamento da comissão por meio da análise escrita quando enviado. Na segunda etapa, o projeto passou por avaliação oral, para uma nova comissão convidada pelo prêmio, conquistando o 3º lugar.
Sobre o Sesc

O Sesc, instituição integrante do Sistema Fecomércio, oferece ações de educação, cultura, esporte, lazer e promoção social. Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, empresários e seus dependentes são os beneficiados pelo Sistema, mas os serviços também podem ser acessados pela população em geral.

www.sesc-ce.com.br
Facebook: /sescceara
Twitter: @sesc_ce
Instagram: sescce

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.