#audioinclui

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Senac Ceará e UECE assinam termo de cooperação para ações no campo da cultura alimentar


Nova parceria acontece por meio do Observatório Cearense da Cultura Alimentar (OCCA) e prevê o desenvolvimento de ações conjuntas voltadas à pesquisa, formação de mão de obra e outros eixos


O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – Senac e a Fundação Universidade Estadual do Ceará – Funece assinaram nesta sexta-feira (4) um acordo de cooperação técnica e institucional com o objetivo de fomentar ações em conjunto no âmbito da cultura alimentar, da gastronomia e da hospitalidade. O acordo concretiza-se a partir da articulação entre as unidades do Senac Ceará em Fortaleza e no Interior e o Observatório Cearense da Cultura Alimentar – OCCA, vinculado à Universidade Estadual do Ceará – UECE.

Uma das metas da parceria é induzir o surgimento de novos cursos de Pós-Graduação (lato sensu) na área da Gastronomia no Estado, por meio de iniciativas voltadas à capacitação de recursos humanos e à difusão de boas práticas de proteção da cultura alimentar de base tradicional e popular.

Estiveram presentes no cerimonial que marcou a assinatura do documento o presidente da Funece e reitor da UECE, professor Dr. José Jackson Coelho Sampaio; o Consultor de Relacionamento Institucional do Senac Luiz Antônio Rabelo; a diretora de educação profissional do Senac Georgia Philomeno Carneiro; a consultora de Produtos Educacionais na Área de Gastronomia do Senac Vanessa Santos; as professoras do curso de Nutrição da UECE Daniela de Azevedo e Derlange Diniz; a professora do curso de Ciências Sociais da UECE e coordenadora do OCCA Kadma Marques; e a Pró-Reitora de Pós-Graduação e Pesquisa da UECE, Nucácia Meire Araújo.

No início de sua fala, o reitor José Sampaio fez uma rica explanação a respeito da história da UECE, que atualmente está presente em nove municípios do Ceará com diferentes ações, projetos e estruturas. Para José Sampaio, o OCCA representa, dentro da nova parceria com Senac Ceará, uma porta de entrada para tudo o que a Universidade pode oferecer, em termos técnicos e humanos, ao desenvolvimento do campo da cultura alimentar no Estado.

Em consonância com a fala do gestor, Georgia Philomeno destacou que o trabalho já desenvolvido pelo OCCA pode alcançar outros patamares a partir da contribuição do Senac Ceará, sobretudo por meio do Senac Reference, nova unidade da instituição, que possui uma grande área exclusiva para a Gastronomia. “Essa parceria com a universidade vai proporcionar aos nossos alunos um rico processo de integração de informações, pesquisa e atividades, gerando novos projetos e ações de inovação. Esses irão contribuir para o desenvolvimento do segmento de gastronomia e hospitalidade e, consequentemente, da economia do Ceará”, pontuou ela.

“O tema da gastronomia é muito rico. Existe uma dimensão prática, operacional, de como você executa as coisas; uma dimensão acadêmica, da história dos alimentos e da cultura que envolve as práticas alimentares de cada sociedade. Tanto o fazer técnico quanto a sociabilidade que envolve isso, a história e a cultura são desafios fascinantes para a pesquisa, e para os órgãos que fomentam essas práticas sociais, inclusive a dimensão de transformar isso em negócio, em emprego e renda”, pontuou o reitor José Sampaio.
“Essa parceria envolvendo o Senac Ceará e nosso Observatório, envolvendo a criação de um mestrado em Gastronomia – que aplicamos na CAPS agora – aponta que estamos no caminho certo. São instituições produtivas e ricas, no sentido intelectual, e que ao darem as mãos vão poder crescer cada vez mais”, completou o reitor.

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.