Pular para o conteúdo principal

Correios lança tradicional selo de Natal


Em paralelo, Campanha Papai Noel dos Correios segue até 9 de dezembro

Os Correios colocaram em circulação segunda-feira (25), em todo o Brasil, o selo de Natal 2019. Para eleger a arte dessa tradicional emissão, pela primeira vez a empresa realizou um concurso aberto voltado a estudantes e profissionais das áreas de artes visuais, que tiveram a oportunidade de eternizar seus nomes no acervo filatélico e artístico, nacional e internacional.

O processo ocorreu nos meses de setembro e outubro de 2019 e contou com uma banca julgadora formada por artistas, designers, administradores postais e filatelistas, entre outros profissionais. A vencedora foi Giana Pundek Tenius, designer gráfico e filatelista de Curitiba/PR. Foi sua paixão pela arte dos selos que a motivou a participar do concurso.
Na arte criada por Giana, o cenário natalino - representado pela estrela, a guirlanda, o pinheirinho e o número da casa – tem como figura central uma menina levando uma carta endereçada ao Papai Noel.

A ideia é mostrar que a realidade pode ser construída a partir de um sonho, de uma intenção, e que os Correios, como instituição centenária, fazem parte desse momento. A cena representada na peça traz à lembrança a principal ação social da empresa e maior ação natalina do Brasil: a campanha Papai Noel dos Correios, que em 2019 completa 30 anos de existência.

Na criação do selo foram usadas técnicas de aquarela e computação gráfica. A emissão tem tiragem de 1,2 milhão de selos, que estarão disponíveis nas principais agências de todo o país e também na loja virtual dos Correios.

Papai Noel dos Correios – Até o momento, 214 mil cartas disponibilizadas pela campanha Papai Noel dos Correios já foram adotadas em todo o Brasil. No Ceará, ascartas estão disponíveis para adoção, até 9 de dezembro, em 30 agências dos Correios no estado (confira aqui). São 16 pontos em Fortaleza, além de unidades em Juazeiro do Norte, Sobral, Maracanaú, Caucaia, Beberibe, Crateús, Crato, Icó, Iguatu, Jaguaruana, Maranguape, Meruoca, Tauá e Ubajara. Os padrinhos têm até 11 de dezembro para entregar os presentes aos Correios. As datas, locais e horários variam em cada Estado. Todas essas informações estão disponíveis no Blog da campanha: http://blog.correios.com.br/papainoeldoscorreios/.

30 anos – O Papai Noel dos Correios, uma das maiores ações de solidariedade do país, acontece graças a uma corrente do bem que une os Correios, seus empregados e toda a sociedade na tentativa de atender aos pedidos de crianças que escrevem cartinhas ao Bom Velhinho.

No início, alguns empregados recebiam as cartinhas e, sensibilizados, adotavam as correspondências e enviavam os presentes. Assim como há 30 anos, até hoje empregados se vestem de Papai Noel e levam alegria e esperança por onde passam.

Com a participação da sociedade, a campanha ampliou seu alcance e seus objetivos de atender cartinhas de crianças, estudantes e de meninos e meninas acolhidos em creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos, alinhado ao trabalho de desenvolver a habilidade da redação de cartas, do endereçamento correto e do uso do CEP. Nessas três décadas, os padrinhos são figuras fundamentais para o sucesso da campanha. O vídeo com o depoimento emocionante de alguns deles está disponível nas redes sociais dos Correios: @CorreiosBr@correiosoficial, Correiosphotos/correiosoficial.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…