#audioinclui

domingo, 3 de novembro de 2019

ENEM 2019 - Exame chegou em 100% dos locais de provas do primeiro domingo


A aplicação deste domingo acontece a partir das 13h30 com questões de ciências humanas, linguagens e redação

Às 11h deste domingo, 3 de novembro, 100% as provas do primeiro dia de realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 estavam nos locais onde serão aplicadas. São mais de 5 milhões de provas personalizadas, distribuídas para 10.133 locais de aplicação, em 1.727 municípios brasileiros. As informações são do Instituto de Pesquisas e Estatísticas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao Ministério da Educação responsável pela aplicação do exame.

O Enem mobiliza mais de cem instituições parceiras em todo o país para garantir que os participantes façam o exame, em 147 mil salas de aula. As provas de linguagens, ciências humanas e a redação são aplicadas hoje. O exame continua no próximo domingo, 10.

O Inep recomenda que os participantes imprimam o Cartão de Confirmação da Inscrição e a Declaração de Comparecimento, caso precisem deste comprovante, e levem ambos para o exame. Os portões dos locais de prova abrirão ao meio-dia (12h), pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h. O Inep não fornece comprovantes após o dia do exame.

Para fazer as provas do Enem, é necessário levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente, a única permitida, bem como documento de identificação oficial com foto, original, não sendo aceito documento digital ou cópia, mesmo que autenticada. Documentos fora da validade também são aceitos para identificação.

Enem 2019 – O Enem avalia o desempenho do estudante e viabiliza o acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Programa Universidade para Todos (ProUni) e de convênios com instituições portuguesas. Quem faz o exame também pode requerer financiamento em instituições particulares, por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.