#audioinclui

terça-feira, 19 de novembro de 2019

Fortaleza recebe Virada Sustentável com ampla programação gratuita em toda a cidade de quinta (21) a domingo (24)




Shows musicais, seminários e conteúdos, oficinas, espetáculos de dança e performancesfazem parte da primeira edição cearense do maior festival sobre sustentabilidade no Brasil

Adotar processos sustentáveis e criar produtos ou negócios diferenciados com um viés social ou ambiental mais responsável passou a fazer parte da realidade de empresas, governos, associações e entidades. Essa nova forma de ver o mundo encontra reflexo na sociedade, onde todas as gerações também estão preocupadas com as suas escolhas de consumo e com seus modos de vida. Trazendo para discussão essa pauta tão relevante, a capital cearense receberá pela primeira vez a Virada Sustentável, maior festival sobre sustentabilidade no Brasil, que vai promover uma série de atividades gratuitas a partir de quinta-feira (21), seguindo até o domingo, dia 24, em diversos espaços da cidade. Toda a programação e as formas de inscrição estão disponíveis no sitewww.viradasustentavel.org.br
A abertura oficial da Virada Sustentável será realizada nesta quarta-feira (20), a partir das 17h30, no Cineteatro São Luiz, com apresentações do Maracatu Solar, da escola de dança Edisca e da cantora Xenia França, uma das revelações da música brasileira atual. Ao longo desses quatro dias de programação, a Virada Sustentável de Fortalezaocupará espaços como Cineteatro São Luiz, Parque Estadual do Cocó, Centro Cultural BelchiorCentro Dragão do Mar de Arte e CulturaCentro Cultural do Bom Jardim, Rede CucaParque ParreãoTeatro São JoséFloresta do Curió e Instituto dos Cegos.

Água, Negócios de Impacto, Educação e Liderança
Na quinta (21) e sexta (22), entre outras atividades, uma vasta programação de conteúdo será desenvolvida tendo como palco principal o Cineteatro São Luiz. Na quinta (21), das 8 horas às 16h40, será realizado o Encontro Virada Sustentável, com painéis trazendo os seguintes temas: “Sustentabilidade Legal” e “Água e Saneamento no Semiárido” (manhã); “Negócios de Impacto Ambiental” e “Jovens Lideranças pela Sustentabilidade” (tarde). E na sexta (22) à tarde, a partir das 14 horas, será a vez do Seminário Educação Ambiental, com uma palestra sobre Ecoalfabetização, um painel sobre Sustentabilidade nas Escolas, e também a realização do projeto Cine Escola.

Toda a programaçãoda Virada Sustentável é gratuita, mas para a abertura nesta quarta-feira (20) no Cineteatro São Luiz é necessária inscrição. Ela pode ser feita no site oficial do evento e dá direito à certificação. Os ingressos podem ser retirados na bilheteria do Cineteatro São Luiz a partir de terça-feira (19), das 10h30 às 18h, e na quarta-feira (20), das 10h30 às 17h.

Multi atividades e música de qualidade no Cocó
No sábado e domingo, haverá uma concentração de atividades múltiplas da Virada Sustentável no Parque Estadual do Cocó, com oficinas, atividades de saúde e bem-estar, contações de histórias, intervenções circenses, rodas de conversa e espetáculos musicais e teatrais, Em cada uma das noites, uma atração nacional encerra a programação, com shows a partir das 19 horas. No sábado, dia 24, o show é da cantora Larissa Luz, cantora, compositora e atriz baiana, que vem se tornando uma grande representante da música negra contemporânea brasileira. Larissa está atualmente em cartaz vivendo Elza Soares no musical "ELZA", que estreou em 2018. Já no domingo, encerrando a primeira edição da Virada Sustentável Fortaleza, será a vez do show com toda a vitalidade e animação de Dona Onete, paraense que promete trazer toda a sonoridade regional forte de ritmos como o carimbo, o banguê e o bolero.

Mostra Ecofalante
Parceira da Virada Sustentável, a Ecofalante é uma ONG que atua nas áreas de cultura, educação e sustentabilidade com a produção de filmes, documentários e programas de televisão de caráter cultural, educativo e socioambiental. Realiza, também, o mais importante evento audiovisual sul-americano dedicado a temas socioambientais: a Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental, que terá uma versão especialmente montada para a Virada Sustentável Fortaleza 2019, de 21 a 24 de novembro, sempre das 11h às 13h30, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, com exibição de filmes seguidos de debates com convidados mais que especiais.

Oficinas
Dentre as diversas oficinas que serão realizadas durante a Virada destaque para a oficina de luthieria sustentável experimental, proposta pela Tapera das Artes (Aquiraz) e ministrada pelo sociólogo e auxiliar de luthier Edson Silva e o músico multi-instrumentista, aprendiz de luthier e arte educador Alexandro Freitas (Sã), que será desenvolvida no Cuca Mondubim, na sexta-feira (22), das 14h às 16h, e também no Cine Cocó, no sábado (23), das 9h às 12h. Usando lixo, o objetivo é conscientizar e mostrar a possibilidade de contribuir com o meio ambiente de forma criativa e musical, simples, prática e com um custo financeiro baixo comparado a construção de instrumentos convencionais.

Saúde e bem-estar
A programação também inclui atividades de saúde e bem-estar, como reiki, barra de access, ioga, reflexologia tailandesa, shiatsu, therahealing, tuina e renascimento, oferecidas pelo Mundo Akar, clínica de medicina integrativa que visa a busca pelo bem-estar emocional e físico.

Arte, cultura e shows
Entre as muitas atrações artísticas, com grafites, instalações e shows a performance Andorinhas no Mundo, está programada para as 17h do dia 24, no Teatro São José. Este trabalho, liderado pela Companhia Anagrama, composta por bailarinos negros, aborda relações entre corpos, espaços e ancestralidades, em que identidades, pensamentos e práticas se articulam para inventar outras corporeidades de silêncios e sons.

O que é e como surgiu a Virada Sustentável
Movimento de mobilização para a sustentabilidade que organiza o maior festival sobre o tema no Brasil. Começou em 2011 em São Paulo e já realizou edições nas cidades do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e Manaus, entre outras. O evento, que reúne milhares de pessoas, oferece programação repleta de shows, exposições, instalações, palestras, aulas de meditação, entre outras atividades, abertas ao público e gratuitas. Todaa programação é atualmente pautada nos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas.

O festival conta com articulação e participação direta de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, coletivos de cultura, movimentos sociais, equipamentos culturais, empresas, escolas e universidades, entre outros, visando promover uma visão positiva e inspiradora sobre a sustentabilidade, bem como reforçar as redes de transformação e impacto social presentesem cada cidade. Na edição de Fortaleza, a Virada Sustentável é realizada pela Secretaria Especial de Cultura, pelo Ministério da Cidadania, em parceria com o Grupo O POVO de Comunicação. O evento conta ainda com o apoio das Empresas CMPC e Ambev/Ama.

Serviço
Virada Sustentável de Fortaleza
De 20 a 24 de novembro de 2019
Programação gratuita disponível no site https://www.viradasustentavel.org.br/
As inscrições para a abertura podem ser feitas no site https://lnkd.in/eDH-haq

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse aqui a sua opinião sobre essa notícia.