Pular para o conteúdo principal

Músicos promovem homenagem em noite de Cool Jazz no Cafe Couture



Oscar Arruda (Guitarra e Voz), Renan Ramos (Trompete), Cláudio Miranda (Baixo Acústico), Adriano Oliveira (Piano) e Andre Benedecti (bateria) prestam homenagem a Chet Baker. Intitulado “Almost Blue: Tributo a Chet Baker”, a apresentação traz músicas que marcaram o repertório do trompetista, da sua fase inicial nos 1950 a seu precoce falecimento na década de 1980. Maior expoente do Cool Jazz, o artista sempre se destacou pela genialidade do sopro e vocal, em uma atmosfera romântica e melancólica que exercera forte influência sobre a música brasileira e ainda inspiram gerações de músicos e fãs. Entre os amores, a solitude e caminhos tortuosos, a beleza azul de uma vida devotada à música poderá ser vista – e ouvida – pelo público que prestigiar o show.

Serviço: Almost Blue – Tributo a Chet Baker
Dia: 21/11/19
Horário: 21h
Local: Café Couture – Rua dos Tabajaras, 554, Fortaleza
Couvert: $10

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…