Pular para o conteúdo principal

Colabora Inova - Startup cria calculadora de tempo de contribuição e economiza tempo de trabalho dos advogados



Ferramenta do site Previdenciarista permite saber quantos meses o segurado possui cobertura do INSS
após encerrar suas contribuições, analisar cada contribuição que pode ser revisto, entre outras vantagens

A tecnologia impactou e continuará impactando todos os setores da sociedade, e no Direito não é diferente. Todos os dias, startups jurídicas inovam ao criar novas soluções para acelerar a rotina dos advogados. De acordo com Associação Brasileira de Lawtechs e Legaltechs, o país tem cerca de 150 startups cadastradas neste segmento, mostrando a força do setor.

Um exemplo é o site Previdenciarista (https://previdenciarista.com), plataforma inteligente que oferece serviços para que os advogados economizem tempo e dinheiro com rotinas previdenciárias. Pensando em facilitar ainda mais a rotina destes profissionais, a startup criou em seu site  a calculadora de tempo de contribuição, que permite fazer um cálculo previdenciário em até 5 minutos - bastando o usuário enviar o CNIS do segurado para a tecnologia organizar todos os vínculos rapidamente; ter o diagnóstico de todos os benefícios disponíveis do segurado; e as melhores petições para cada caso do cliente do advogado. 

"É muito simples: O advogado insere os períodos que o segurado possui contribuição ou envia o CNIS do INSS e o sistema puxa automaticamente os períodos, informando atividades especiais, conforme o caso. A calculadora retorna um relatório com todos os benefícios aptos ou não, tanto antes como depois da Reforma. Isto possibilita que o usuário terá todas as informações necessárias de forma rápida e segura, otimizando tempo", explica o cofundador do Previdenciarista, Renan Oliveira.

Para ele, os advogados perdem muito tempo com cálculos previdenciários, o que afeta no desempenho do trabalho e no atendimento aos seus clientes. “O objetivo do Previdenciarista é tornar a vida dos profissionais do Direito menos burocrática. Ele não precisa ocupar espaço da rotina para fazer contas e escrever petições enormes, pois o Previdenciarista já faz isso por ele”, destaca.

Tecnologia para desafogar a rotina dos advogados
Além da calculadora, o Previdenciarista desenvolveu outras ferramentas que otimizam e automatizam a rotina dos profissionais. A startup disponibiliza relatórios de tempo e renda para cada benefício, indicação das melhores petições para o benefício selecionado pelo advogado, autopreenchimento das petições com os dados do cliente e advogado, gestão dos clientes previdenciários, histórico de eventos do cliente e armazenamento de cálculos, petições e documentos do cliente na nuvem.

A plataforma está no ar desde 2013 e foi desenvolvida a partir dos mais de 15 anos de experiência dos seus fundadores. A plataforma está no ar desde 2013 e, até 2018, somou mais de 2 milhões de visitas e cerca de 10 milhões de visualizações de páginas.

“Ao criar o site nossa ideia principal foi conseguir ajudar os advogados a melhorarem suas rotinas por meio da tecnologia. Com o apoio dos nossos materiais, eles entregam um trabalho eficiente e de qualidade para seus clientes e conseguem otimizar seus processos, atendendo mais clientes também”, finaliza Renan.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…