Pular para o conteúdo principal

Curso de Podologia do Senac chega em Iguatu e garante um leque de oportunidades para atuação no mercado de trabalho


Atividade promissora e cada vez mais requisitada, o podólogo também pode ser inserido em equipes multidisciplinares de saúde, explica especialista.


Iguatu já pode comemorar a chegada do curso técnico de Podologia do Senac, braço educacional do Sistema Fecomércio. A unidade do Senac Iguatu está com inscrições para a primeira turma que inicia no dia 18 de fevereiro. O curso abrange várias especialidades gerando diversas perspectivas para o mercado de trabalho, principalmente para aqueles que procuram investir em uma carreira profissional na área da Saúde.

O podólogo trabalha fazendo a prevenção de patologias superficiais na região dos pés, dentre elas: calosidades, unhas encravadas, infecções podais como frieiras e micoses de unhas. Segundo a podóloga e professora do Senac Iguatu, Anna Paula Nunes, o profissional pode ser inserido em equipes multidisciplinares da área de Saúde. “Esse profissional também poderá atuar na prevenção voltada para pessoas com neuropatias que correm o risco de sofrer algum tipo de amputação, que é o caso de diabéticos”, explica a especialista.

Com carga horária de 1200h, o curso técnico de Podologia do Senac Iguatu é voltado para empreendedores e pessoas que buscam qualificação profissional ou mudança de profissão. O público que mais tem buscado a especialidade são pessoas entre 20 e 50 anos de idade, com o nível médio completo. Considerada a única escola de educação profissional que oferece o curso na região, o Senac dispõe de laboratório com equipamentos de ponta dentro do padrão e normas estabelecidas, além de material didático incluso. 

Mercado x Oportunidade

Com uma população crescente, de mais de 103 mil de habitantes, a cidade de Iguatu, localizada no Centro-Sul do Estado, se configura como um dos principais polos de saúde da região. Atualmente, o município conta com um hospital público além de três renomados hospitais particulares que atendem a população local e regiões do entorno. Nesse contexto, o crescimento da demanda em podologia no setor impulsiona cada vez mais o mercado de trabalho na contratação de profissionais de saúde.

Há apenas uma clínica que atende em Iguatu, tendo um único profissional em podologia. Dessa forma, o segmento torna-se crescente, com aumento do interesse do público em tratar problemas dos pés, e que por vezes buscam resolver o problema em centros maiores. 

SERVIÇO
Curso técnico de Podologia
Local: Senac Iguatu
Inscrições: atendimentocrato@ce.senac.br
Previsão de início: 18/02/2020
Carga horária: 1200h
Objetivo: Formar profissionais com competências para atuar e intervir em seu campo de trabalho, com foco em resultados.  
Requisitos mínimos: idade mínima: 18 anos completos
Escolaridade: cursando no mínimo o 2º ano do ensino médio.

Mais informações: Senac Iguatu: Rua 13 de Maio, 1134 – Centro
(88) 3582.7750 / (88) 99205.8252

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…