Pular para o conteúdo principal

Espaço Cultural Unifor realiza em fevereiro projeto “Conversa com Artistas”


Iniciativa promove bate-papo de artistas com o público visitante da 20ª Unifor Plástica sobre o processo criativo das obras. A estreia acontece neste sábado, dia 1°, com três mulheres do grupo de expositores.

A 20ª Unifor Plástica: Simultaneidades – A Arte com a Palavra está chegando ao seu último mês de exibição. E para encerrar de forma especial, durante os sábados de fevereiro acontecerá o projeto “Conversa com Artistas”, um bate-papo de artistas com o público visitante do Espaço Cultural Unifor sobre o processo criativo das obras que integram a exposição.

A ação visa aproximar o expectador e o artista, de forma a democratizar a arte e torná-la mais acessível. A cada sábado estarão presentes três artistas do grupo de expositores para conversar com o público, sempre das 16h30 às 18h. A entrada é gratuita. A ação reafirma a importância institucional da Unifor Plástica na construção da visualidade brasileira.

Com curadoria de Denise Mattar, a 20ª Unifor Plástica reúne o trabalho de 25 artistas, com uma mescla de obras inéditas e outras produzidas anteriormente. Empregada esporadicamente ao longo da história, a palavra foi utilizada em pinturas, tapeçarias, sendo incorporada às artes plásticas no início do século XX, a partir das vanguardas modernistas, futurismo, cubismo, surrealismo e dadaísmo.

Neste sábado, 1º de fevereiro, a estreia do projeto vai contar com a presença de três artistas mulheres que compõem o catálogo da exposição. Conheça mais sobre elas:

Ana Cristina Mendes
É artista visual, estilista e mestre em Artes pelo PPGArtes ICA-UFC. Os tecidos fazem parte de seus afetos desde criança, quando o universo dos armazéns têxteis estava presente em seus passeios preferidos com sua mãe. Hoje, atuando como artista visual, vem trabalhando na fronteira de diferentes linguagens artísticas, sempre ativando o tecido e a vestimenta como suporte e matérias subjetivas do trabalho. Participou de exposições coletivas, individuais, performances e residências artísticas em âmbito nacional e internacional. Foi premiada em duas edições da Unifor Plástica e recebeu prêmios do MinC e SecultFor.

Julia Debasse
Natural do Rio de Janeiro, residente há três anos em Fortaleza, Julia Debasse é artista visual e compositora. Estudou pintura na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e na Casa Daros, RJ. Mostras individuais: 2013 - A Primeira Comitiva, Artur Fidalgo Galeria, RJ; 2014 - Ao Meu Prezado Predador, Artur Fidalgo Galeria, RJ; 2016 - Vila dos Mistérios, Projeto Technô, Oi Futuro Flamengo, RJ. Foi selecionada pelo projeto Art’Oasis para realizar um mural 4,5 x 21m em Petrosino, Sicília, Itália. 2019 - Altar, Artur Fidalgo Galeria, RJ, 2019. Principais mostras coletivas: 2008 - Galeria da UFF, Niterói, Palácio Itamaraty, DF; A Gentil Carioca, RJ. 2011 - Quase Casais, Galeria Maus Hábitos, Portugal. 2012 - In Paper, Without Name, Parking Gallery, Irã. 2013 - Museu Bispo do Rosário Arte, RJ. 2014 - 39° SARP, Ribeirão Preto, SP, Figura Humana, Caixa Cultural, RJ. 2015 - Ficções, Caixa Cultural, RJ. 2018 - Mulher, Vírgula, Centro Cultural Dragão do Mar, Fortaleza. O trabalho da artista é representado pela Artur Fidalgo Galeria, RJ e Galeria Murilo Castro, BH.

Lia de Paula
Fotógrafa, formada em Cinema, natural de Fortaleza. Parte da infância e da adolescência morou na Inglaterra, onde aprendeu a fotografar e cursou Media Studies no Westminster College. Desde então, vem se dedicando profissionalmente à fotografia. Em Fortaleza, trabalhou no jornal O Povo e na Prefeitura da cidade. Participou da produção de livros e de exposições, antes de se mudar para Brasília, onde passou pela Agência Senado e Ministérios, atuando também na fotografia de família. De volta a Fortaleza, está coordenando o educativo do Museu da Fotografia Fortaleza e vem se dedicando à fotografia autoral e à pesquisa sobre parentalidade com o projeto “Todo filho é filho da mãe?”.

Serviço
Conversa com Artistas
Local: Espaço Cultural Unifor
Data: Dias 1°, 8,15 e 29 de fevereiro de 2020
Horário: 16h30 às 18h

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…