Pular para o conteúdo principal

PCCE captura homem no Maranhão ligado às circunstâncias que envolvem a morte de prefeito de Granjeiro


28 DE JANEIRO DE 2020 - 17:18 # # # # # #

Em mais uma etapa das diligências para elucidar as circunstâncias da morte do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto (54), a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), com apoio da Polícia Civil do Estado do Maranhão (PCMA), capturou o cearense Carlos César Gonçalo de Freitas (45), no município de Barreirinhas, no Maranhão, na noite dessa segunda-feira (27). O suspeito, que é foragido da Justiça cearense, foi preso com drogas, dinheiro e dois veículos. Um segundo homem que estava junto de Carlos foi preso em flagrante na mesma ação. Mais detalhes acerca das prisões serão divulgados em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (29), na sede do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro Aeroporto, em Fortaleza.
Após levantamentos da força-tarefa montada pela Polícia cearense, os investigadores localizaram o cearense em uma residência no município maranhense de Barreirinhas. Carlos César estava com quatro quilos de cocaína embalada e dinheiro. Dois veículos locados em outro estado também foram encontrados no imóvel em que os policiais civis fizeram a abordagem. Ele apresentou um documento falso na tentativa de ludibriar os agentes, mas foi descoberto. O cearense está foragido do sistema penitenciário do Estado desde o fim de 2018. Ele tem antecedentes criminais por homicídio, associação criminosa, lavagem de dinheiro, tráfico e associação para o tráfico de drogas. Todos os procedimentos foram instaurados pela Polícia Civil do Ceará.
Na mesma ação no Maranhão, um segundo suspeito, natural do município maranhense de Barra do Corda, também foi preso na mesma propriedade onde Carlos foi encontrado. Os suspeitos foram conduzidos para uma unidade da Polícia Civil do Maranhão para a lavratura do auto de prisão em flagrante. Os dois vão responder por tráfico e associação para o tráfico de drogas. A Polícia Civil do Ceará aguarda decisão do Poder Judiciário maranhense para recambiar Carlos a fim de que ele cumpra a pena em uma unidade do sistema penitenciário do Ceará.

Conexão com o crime

Conforme as diligências policiais, Carlos tem ligação com o veículo Volkswagen Polo, apreendido no dia 16 de janeiro, em Timon, no Maranhão. O automóvel, que estava com restrição de roubo/furto, foi encontrado sem as placas originais e já estaria sendo colocado à venda. Antes da apreensão do carro apontado como o transporte utilizado pelos suspeitos da morte do prefeito, a Polícia Civil do Ceará identificou um homem que estava trafegando com o Polo, em Teresina, no Piauí, e já tinha negociado o carro com um proprietário de uma revenda de veículos no Maranhão. Carlos Alberto Ferreira Cavalcanti (32) e Ronndinere Francino de Andrade foram presos e autuados em flagrante por receptação. A operação policial no Piauí teve apoio de agentes do Grupo de Apoio Operacional da Polícia Civil do Estado do Piauí (PCPI) e da Polícia Militar do Piauí (PMPI).

Investigações

As investigações acerca da morte do prefeito de Granjeiro seguem em andamento e são conduzidas pelo Departamento de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPJI Sul), com apoio das delegacias regionais de Crato e de Juazeiro do Norte. No dia 9 de janeiro, a Polícia Civil apresentou alguns detalhes do caso e divulgou a identidade de um dos investigados. O Poder Judiciário determinou que Vicente Félix de Souza (60), pai do atual prefeito de Granjeiro, utilize tornozeleira eletrônica e mantenha-se em área de restrição específica, como medida cautelar.
Um segundo veículo apontado nas investigações, modelo Chevrolet S10, de propriedade de um parente de Vicente, foi apreendido no mesmo dia. Documentos e aparelhos celulares encontrados em endereços da casa do Vicente Félix também foram apreendidos e encaminhados para a Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para serem submetidos à análise pericial.

Denúncias

A Polícia Civil segue com as apurações para analisar o material apreendido na operação e não divulga mais informações no momento para não comprometer o andamento das investigações. A população pode colaborar com as investigações através dos canais de denúncias. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, ou ainda para o número (88) 3102-1116, da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Obituário - Esposa do dono da Betânia morre vítima de Covid- 19

Faleceu agora a pouco, vítima da Covid-19, a Sra. Gladia Girão, esposa do empresário Luiz Girão, dono da Lacticínios Betânia.

Terreno na Dom Luís é bloqueado pela justiça

A 8ª Vara Cível da Comarca de Fortaleza deferiu a favor da PH Empreendimentos, empresa do Sr. Paulo Henrique Martins, o pedido que proíbe a transferência e a alienação dos terrenos que formam o imóvel localizado na Avenida Dom Luís (entre as ruas Coronel Jucá e Professor Dias da Rocha) onde antes funcionava o Shopping Dom Luís. 
​Através de contrato com a Construtora Manhattan, o imóvel foi transferido e o pagamento, que deveria começar em 2014, não ocorreu. A Construtora também descumpriu diversas obrigações neste período. Embora a situação tenha rendido dissabores ao Sr. Paulo desde então, tentou-se buscar o bom senso da Construtora ao longo destes anos, sem sucesso. Em janeiro deste ano, foi iniciado o processo judicial cujo número é 0102164-08.2017.8.06.0001. 
Com a decisão da juíza Dra. Ana Kayrena da Silva Freitas, por meio do ofício 147/2017, o imóvel fica intransferível e inalienável como garantia de Justiça até que o processo seja julgado, haja vista que a Construtora, coligada…